Al-Asuquf
   Amazonia: Patrimônio Mundial

>>>O texto a seguir já rola há algum tempo na net. Não sei se é lenda urbana, infelismente não tenho essa informação. Se alguem souber de algo por favor poste.<<<

..........início..........

>Durante
>debate em uma
>universidade, nos Estados Unidos, o ex-governador do DF
>e ex-ministro da
>Educação CRISTÓVÃO BUARQUE, foi questionado sobre o que
>pensava da internacionalização da Amazônia. O jovem
>americano introduziu sua
>pergunta dizendo que esperava a resposta de um
>humanista e não de um
>brasileiro.

..........resposta..........

>"De fato, como brasileiro eu simplesmente falaria
>contra
>internacionalização da Amazônia. Por mais que nossos
>governos não tenham o
>devido cuidado com esse patrimônio, ele é nosso. como
>humanista, sentindo o
>risco da degradação ambiental que sofre a Amazônia,
>posso imaginar a sua
>internacionalização, como também de tudo o mais que tem
>importância para a
>humanidade. Se a Amazônia, sob uma ética humanista,
>deve ser
>internacionalizada, internacionalizemos também as
>reservas de petróleo do mundo inteiro... O petróleo é
>tão importante para o
>bem- estar da humanidade
>quanto a Amazônia para o nosso futuro. Apesar disso, os
>donos das reservas
>sentem-se no direito de aumentar ou diminuir a extração
>de petróleo e subir
>ou não o seu preço. Da mesma forma, o capital
>financeiro dos países ricos deveria ser
>internacionalizado. Se a Amazônia é
>uma reserva para todos os
>seres humanos, ela não pode ser queimada pela vontade
>de um dono, ou de um
>país. Queimar a Amazônia é tão grave quanto o
>desemprego provocado pelas
>decisões arbitrarias dos especuladores globais. Não
>podemos deixar que as
>reservas financeiras sirvam para queimar países
>inteiros na volúpia da
>especulação. Antes mesmo da Amazônia, eu gostaria de
>ver a
>internacionalização de todos os grandes museus do
>mundo. O Louvre não deve
>pertencer apenas à França. Cada museu do mundo é
>guardião das mais belas
>peças produzidas pelo gênio humano. Não se pode deixar
>esse patrimônio
>cultural, como o patrimônio natural Amazônico, seja
>manipulado e destruído
>pelo gosto de um proprietário ou de um país. Não faz
>muito, um milionário
>japonês, decidiu enterrar com ele, um quadro de um
>grande mestre. Antes
>disso, aquele quadro deveria ter sido
>internacionalizado. Durante este
>encontro, as Nações Unidas estão realizando o Fórum do
>Milênio, mas alguns
>presidentes de países tiveram dificuldades em
>comparecer por
>constrangimentos na fronteira dos EUA. Por isso, eu
>acho que Nova York, como
>sede das Nações Unidas, deve ser internacionalizada.
>Pelo menos Manhattan
>deveria pertencer a toda a Humanidade. Assim como
>Paris,Veneza, Roma,
>Londres, Rio de Janeiro, Brasília, Recife, cada cidade,
>com sua beleza
>específica, sua história do mundo, deveria pertencer ao
>mundo
>inteiro. Se os EUA querem internacionalizar a Amazônia,
>pelo risco de
>deixa-lá nas mãos de brasileiros, internacionalizemos
>todos os arsenais
>nucleares dos EUA. Até porque eles já demonstraram que
>são capazes de usar
>essas armas, provocando uma destruição milhares de
>vezes maior do que as
>lamentáveis queimadas feitas nas florestas do Brasil.
>Nos seus debates, os
>atuais candidatos à presidência dos EUA têm defendido a
>idéia de
>internacionalizar as reservas florestais do mundo em
>troca da dívida.
>Comecemos usando essa dívida para garantir que cada
>criança do Mundo tenha
>possibilidade de COMER e de ir à escola.
>Internacionalizemos as crianças
>tratando-as, todas elas, não importando o país onde
>nasceram, como
>patrimônio que merece cuidados do mundo inteiro. Ainda
>mais do que merece a
>Amazônia. Quando os dirigentes tratarem as crianças
>pobres do mundo como um
>patrimônio da Humanidade, eles não deixarão que elas
>trabalhem quando
>deveriam estudar, que morram quando deveriam viver.
>Como humanista, aceito
>defender a internacionalização do mundo. Mas, enquanto
>o mundo me tratar
>como brasileiro, lutarei para que a Amazônia seja
>nossa. Só nossa!".

..........fim..........

 Escrito por Abimael Carlos às 19h58
[]


 
   Imagens (2)




Aurora boreaul na Alemanha...

 Escrito por Abimael Carlos às 23h03
[]


 
   Um novo ufanismo

O fiasco na apuração da eleição presidencial norte-americana de quatro anos atrás, em 2000, criou um novo personagem no Brasil. Poderia ser usado por Lula nos seus comerciais nacionalistas. Trata-se do brasileiro democrata ufanista.

Agora virou moda falar que a eleição brasileira é muito mais organizada e democrática do que a do grande irmão do norte. "Aqui, as urnas são eletrônicas. Lá, é uma bagunça".

Mais ou menos. O pensamento brasileiro não consegue absorver o fato de que cada Estado norte-americano tem autonomia para decidir como são suas eleições. O centralismo lusitano-ibérico-católico requer um senhor de engenho para determinar como todos devem se comportar.

Por que não fazem uma lei nacional para ter só um modelo de título de eleitor?, pergunta o brasileiro professor de democracia. Simples: há 200 anos, os Estados norte-americanos são autônomos e criaram a nação mais rica do planeta Terra.

No início da noite de ontem, o brasileiro democrata ufanista começou a ficar com a pulga atrás da orelha. A democracia dos EUA estava para dar uma demonstração rara de solidez. Números iniciais demonstravam que poderia haver um comparecimento acima da média dos eleitores.

Escaldada com o empate de 2000, a sociedade norte-americana mobilizou-se. Quis resolver o problema no voto. É possível que muitas seções eleitorais demorem para contabilizar votos de máquinas mecânicas antigas. Tudo ficará relegado a segundo plano se o comparecimento maciço se confirmar. Diminui drasticamente a possibilidade de poucos votos definirem a eleição.

Aqui no Brasil, vá lá, os votos são contados com rapidez. Mas é mais difícil aferir um fenômeno social como o que pode ter ocorrido ontem nos EUA. O voto do brasileiro é obrigatório. Em regiões pobres, nunca se sabe se hordas de miseráveis escolhem um candidato por vontade própria ou em troca de um sanduíche.

---Por Fernando Rodrigues
Brasília - DF---

 Escrito por Abimael Carlos às 11h45
[]


 
   Pet Shop Boys - Go West

(Together) We will go our way
(Together) We will leave some day
(Together) Your hand in my hand
(Together) We will make our plan

(Together) We will fly so high
(Together) Tell all our friends goodbye
(Together) We will start like new
(Together) This is what we'll do:

(Go west) Life is peaceful there
(Go west) in the open air
(Go west) where the skies are blue
(Go west) this is what we're gonna do

(Together) We will love the beach
(Together) We will learn and teach
(Together) Change our pace of life
(Together) We will work and thrive

(I love you) I know you love me,
(I want you) how could I disagree?
(And that's why) I make no protest
(And you say) you will do the rest

(Go west) life is peaceful there
(Go west) in the open air
(Go west) baby, you and me
(Go west) this is our destiny
(Go west) sun and winter time
(Go west) we will do just fine
(Go west) where the skies are blue
(Go west) this is what we're gonna do

There, where the air is free
We'll be (we'll be) what we want to be
Now, if we make a stand
We'll find (we'll find) our promised land!

(I know that) there are many ways
(To live there) in the sun or shade
(Together) we will find the place
(To settle) where there's so much space

(Don't look back) And the place back east
(Wrestling) wrestling just to feast
(And we'll go) ready to be two
(So that's what) we are gonna do
(Oh, what we're gonna do is...)

(Go west) life is peaceful there
(Go west) there, in the open air
(Go west) Where the skies are blue
(Go west) This is what we're gonna do...

(Life is peaceful there) Go west
(In the open air) Go west
(Baby, you and me) Go west
(This is our destiny) Come on, come on, come on, come on

(Go west) Sun and winter time
(Go west) we will feel just fine
(Go west) where the skies are blue
(Go west) this is what we're gonna do

(Come on, come on, come on, come on, go west!)

 Escrito por Abimael Carlos às 11h36
[]


 
   Imagens - 1


Arafat cumprimenta o primeiro-ministro de Israel Yitzhak Rabin (esq.), sob olhar de Clinton, após acordo de paz assinado na Casa Branca.


Arafat ao lado do ditador cubano, Fidel Castro, em abril de 2000 em Havana


Foto de arquivo de Arafat em audiência no Vaticano com o papa João Paulo 2º


Cercado por médicos, Arafat posa para foto na Cisjordânia antes de partir para Paris, em 28/10/2004


Iasser Arafat é visto dentro de helicóptero após pouso em no hospital Percy, em Paris, em outubro de 2004

----->>>-----<<<-----

 Escrito por Abimael Carlos às 11h25
[]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Homem, de 15 a 19 anos, Portuguese, English, Informática e Internet, Música, Livros e Revistas
MSN -


HISTÓRICO
 07/11/2004 a 13/11/2004
 31/10/2004 a 06/11/2004
 24/10/2004 a 30/10/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004
 19/09/2004 a 25/09/2004
 12/09/2004 a 18/09/2004
 05/09/2004 a 11/09/2004
 29/08/2004 a 04/09/2004
 22/08/2004 a 28/08/2004
 15/08/2004 a 21/08/2004
 08/08/2004 a 14/08/2004
 01/08/2004 a 07/08/2004



OUTROS SITES
 Meu FotoLog
 Esquadrão de F22 KR
 Bima RPG
 Site do Impacto Colégio e Curso
 Meu Blog Pessoal (com senha)


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!