Al-Asuquf
   CARTA DE DEUS

Prezado e temido Homem Todo-Poderoso:

Me dirijo a você para fazer-lhe chegar uma prece que espero poder ser atendida por sua parte. Certamente você já ouviu falar de mim, sou Deus, esse ser que os seus criaram há muitos, muitíssimos anos, quando apenas a sua espécie se distinguia do resto dos animais. Quando o desconhecimento, o temor, o desejo de proteção e a ignorância fazia-lhes tão vulneráveis como qualquer outro animal.

Criaram-me vocês à sua imagem e semelhança, enfeitado com todos os seus defeitos e virtudes, naqueles tempos primitivos até era divertido ser Deus, quero dizer, deuses, porque eram demasiadas as suas necessidades para criar um só Deus.

Criaram-me, mas criaram-me escravo das suas crenças e necessidades. Imaginaram-me sob distintas formas e atributos. Cada novo crente atava-me, e segue me atando, com as suas correntes exigindo de mim ajuda para aliviar a sua dor e ignorância.

Criaram-me, criaram-nos quando ainda não compreendiam o mundo que lhes rodeia e as leis que o regem. Quando ignoravam que podiam existir leis que regem o mundo e o universo. Por isso me criaram, nos criaram tão disparatados, nos criaram em arranjo a suas próprias fantasias e temores. Tão disparatado como só a mente de uma criança pode criar um ser inventado para que lhe ajude.

A minha história Senhor é muito triste, utilizaram-me como justificativa para todos os excessos e egoísmos próprios da sua espécie.

Desde o primeiro momento vocês me utilizaram como justificação de todos os desmanes e egoísmos próprios da sua espécie.

Utilizaram-me para justificar seus confrontos, para justificar o poder que alguns homens atribuíam para si mesmos, para que uns homens dominassem outros, para impor suas normas e suas crenças dizendo que provinham de mim. Para que uns homens se proclamassem portavozes da minha vontade desqualificando, no meu nome, todos aqueles que não acreditassem nas suas palavras.

Desde o primeiro momento vocês criaram guerras entre nós para justificar seus interesses.

Utilizaram-nos para justificar seus desejos de conquista, para vencer o adversário, para submetê-lo.

Utilizaram-nos para justificar a imensidão de mortos, feridos, torturados que essas guerras geraram e geram.

Utilizaram-nos para justificar seus ódios, sua voracidade, seus desejos de vingança.

Não creio que haja maldade na qual vocês não tenham invocado o meu nome.

Creio Homem, que não houve ocasião na sua história pessoal e coletiva onde não se tenha invocado o meu nome, ou nossos nomes, para defender seus interesses manifestos e ocultos.

No meu nome, nos nossos nomes tem se cometido e seguem se cometendo uma infinidade de carnificinas, crimes e atrocidades que não tem outra justificativa senão seus próprios interesses.

Sob a aparência de seres infinitamente poderosos não somos mais do que escravos das suas crenças, criaram-nos escravos e escravos seguimos, e assim seguiremos enquanto não nos libertarem dessas correntes que a vocês parecem justas, acreditando que nos elogiam e que gostamos.

São as mesmas correntes com que os poderosos da sua espécie atam vocês quando dizem que interpretam a nossa vontade, as nossas palavras e os nossos desejos.

A sua espécie, Homem, tem avançado muito, não tanto como deveria porque em nosso nome também se tem procurado deter o avanço da sua espécie, se tem forjado mentiras imensas, espantosas, horríveis falsidades destinadas a deter o avanço da sua espécie, se tem matado e destruído aqueles homens e obras que abriam brechas nas muralhas da ignorância.

Apesar de tudo avançou o suficiente para que não necessite mais acreditar em seres mágicos criados pela sua imaginação há muito, muitíssimo tempo.

Apesar de tudo sabe hoje que o mundo, o universo rege-se por leis que permanecem ocultas, não por minha vontade, não por nossa vontade.

Ainda falta-lhes muito para descobrir as várias leis que permanecem ocultas, mas sabem que essas leis existem, embora não as conheçam.

Já não tem necessidade de nós, já não tem necessidade de seres mágicos que guiem seus passos na escuridão e na ignorância.

Tomem nas suas mãos as rédeas do seu destino, averigüem as leis que regem tudo e me deixem, nos deixem descansar em paz.

Não me usem para justificar suas ambições, seus desejos, seus interesses, seus excessos ou suas atrocidades. Por isso Homem Todo-Poderoso te dirijo esta carta te rogando que me liberes das tuas correntes, das tuas crenças, da tua ignorância e dos teus medos.

Cada vez que sintas tentação de crer em mim te pergunta quem tem criado quem, se deus ao homem, ou homem à deus?

Por isso Senhor, Homem Todo-Poderoso, te peço, me libera dessa escravidão a que me tens submetido, deixa que me dissolva no nada de onde um dia me criaste, nos criaste, à tua imagem e semelhança.



----------------------------de Marisa Luisa Alba B.--------------------------------------

 Escrito por Abimael Carlos às 20h20
[]


 
   Comédia 16



 Escrito por Abimael Carlos às 19h32
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 15)

Nós, como uma nação, somos opostos ao Comunismo porque o Comunismo, como o Cristianismo, é uma força ideológica que é destrutiva aos direitos humanos e liberdade. De fato, não é da nossa conta se outra nação, ou outro indivíduo, acredita em um Deus ou não. Nossa única preocupação é que todo indivíduo tem que ter a liberdade para decidir se ele, ou ela, pode ou quer acreditar. E que eles têm a liberdade de se expressar, publicar e procurar suas convicções em perfeita segurança.

Em resumo, nossa única preocupação no mundo são exatamente esses ideais que esta nossa grande nação foi fundada originalmente.

Tal declaração não é de nenhuma maneira uma concessão ao Comunismo. É uma declaração da nossa determinação de ser, e permanecer, pessoas livres. Aqueles que provaram real liberdade nunca poderão devolver à escravidão mental de uma crença opressiva. Está completamente correto dizer:

"Eu preferia estar morto a ser Cristão ou vermelho."

Quando George Washington era o presidente em 1796 ele escreveu "um tratado de paz e amizade" com Tripoli. Naquele tratado se lê "Como o governo dos Estados Unidos não está em qualquer sentido fundado na religião Cristã; não tem, em si mesmo, nenhum caráter de inimizade contra as leis, religião, ou tranqüilidade dos Musselmen (Muçulmanos)... nenhum pretexto que surgir de opiniões religiosas jamais produzirá uma interrupção da harmonia que existe entre os dois países."

Esse tratado, assinado em lei pelo Presidente John Adams, prova que os Pais Fundadores da nação americana, reconheceram ser a religião uma fonte de ódio e guerra. Também prova que os Estados Unidos não eram, não são, e não devem se tornar, uma nação Cristã.

Por que não podemos escrever um tratado hoje isso tem a grande sabedoria que foi posta no tratado com Tripoli? Por que pode não dizemos para a Rússia: "Como o Governo dos Estados Unidos não está em nenhum sentido fundado na religião Cristã; não tem, em si mesmo, nenhum caráter de inimizade contra as Leis, Religião, ou Tranqüilidade dos comunistas (os Ateus)... nenhum pretexto que surgir de opiniões religiosas jamais produzirá uma interrupção da harmonia que existe entre os dois países."

Tal tratado hoje removeria a fonte principal de ódio e poderíamos seguir com a tarefa de compreensão mútua estabelecendo uma esperança por paz e sobrevivência de humana.

O maior obstáculo para nossa paz e sobrevivência é a ilusão tola e irracional que a Bíblia é "a palavra de Deus."

Se quisermos salvar nossos filhos e nosso mundo, temos que aceitar o fato que a Bíblia não é a palavra de Deus.

---------------------------------------- AUTOR: Emmett F. Fields ------------------------------------------
>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>><<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<<
-Texto retirado da internet.
-Você pode acessar o site de Emmet F. Fields (em inglês)
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h24
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 14)

Dia 2 -- Parte 2

Por dois mil anos o Cristianismo e a Bíblia não trouxeram paz e harmonia para nosso mundo. De fato, a Bíblia foi responsável por alguns dos massacres mais diabólicos e perseguições conhecidos pelo homem. Hoje esses fatos históricos são mantidos fora de nossos livros de história.

A humanidade se levanta agora entre o passado e o futuro como nunca fez antes. Todos sabemos que há uma grande possibilidade que a humanidade não tenha um futuro; que nos destruiremos.

Se sobrevivermos a esta era atômica temos que achar um novo modo de pensamento, já não podemos acreditar cegamente, e odiar aqueles que acreditam diferentemente. Ao invés temos que encontrar meios para unir a humanidade, modos para remover barreiras e limites desnecessários. Temos que achar modos para remover as causas de ódio.

Muito de nosso ódio e problemas no mundo é fundado na ilusão que a Bíblia é "a palavra de Deus." Nunca houve uma maior fonte de ódio que a suposição que estamos fazendo o trabalho de Deus, que temos a "palavra de Deus" para nos guiar e que nossa tarefa é destruir algum "centro de mal" no mundo. Ao longo da história a ilusão foi responsável pelas mais terríveis guerras e atrocidades. Essa ilusão pode destruir nosso mundo!

Não há um conflito no mundo hoje que não tenha a suas raízes numa diferença de opinião religiosa. Os judeus, cristãos e muçulmanos estão se assassinando um ao outro no Líbano, os católicos e protestantes matam uns aos outros na Irlanda. E quanto do nosso ódio pela Rússia, e pelo Comunismo, fontes do fato que eles escolheram estabelecer o Ateísmo.

Quando lemos que terroristas muçulmanos dirigiram um caminhão carregado de explosivos em um edifício e morreram para matar outros na sua "guerra santa," reconhecemos aquilo como uma forma de loucura.

Quando ouvimos um Fundamentalista Cristão pregando "a não coexistência com o Comunismo Ateu" deveríamos saber que é igualmente insano em nossa era atômica.

Quando lemos que um líder Cristão poderoso reafirmou o dogma medieval do controle da natalidade e preservativos são imorais e contra ensinos de Bíblia; deveríamos perceber que também é uma loucura em nosso mundo de superpopulação.

Tais ensinamentos são do passado, um passado cheio de ódio, guerra e perseguição; um passado cheio de fé cega e decepções religiosas.

Hoje estamos jogando no tudo ou nada.

Hoje temos que achar um modo novo de pensamento.

Já não podemos enfiar nossas cabeças nas areias da superstição e esperar que "Deus" nos protegerá; essa esperança falhou demais. Aqueles que estudam os fatos da história sabem disso. Aqueles que sabiam que a Bíblia não era "a palavra de Deus" provocaram a Renascença e salvaram a humanidade das Idades das Trevas;

Aqueles que souberam que a Bíblia não era "a palavra de Deus" tiveram a sabedoria para fundar a América como uma nação livre;

Esses que souberam a Bíblia não era "a palavra de Deus" nos tem dado todo grande avanço na ciência e na razão;

E aqueles que sabem que a Bíblia não é "a palavra de Deus" são os únicos que podem conduzir gênero humano à paz e sobrevivência da humanidade.

A Bíblia e todos os outros ditos "livros santos" são do passado. Se a humanidade não pode superar estas relíquias selvagens que nos dividem e causam tanto ódio, não podemos esperar ter um futuro. Não podemos esperar sobreviver mais uma geração!

Se a espécie humana sobreviver, as gerações futuras conhecerão esta época como "a era da propaganda," a era do ódio por causa de opinião. Gerações futuras se maravilharão com nossa era, com sua tecnologia moderna e grande riqueza de aprendizagem científica sólida, e ainda assim pôde permanecer arraigada nas fábulas primitivas de eras passadas; eles se pasmarão que não pudemos ver o mal e o perigo de adorar um fracasso histórico.

Se a espécie humana sobreviver esta era religiosa, gerações futuras olharão nossos instrumentos de guerra e duvidarão da nossa sanidade, da mesma maneira que olhamos os Instrumentos de tortura uma idade religiosa passada e duvidamos da sanidade deles.

Já a ilusão que a Bíblia é "a palavra de Deus" corrompeu o propósito legítimo de América perigosamente no mundo.

A superabundância de propaganda religiosa na América hoje nos conduziria acreditar que o propósito primário desta nação é a preservação e expansão da religião Cristã. Mas isso não é verdade.

Nossa nação não é, e não deve se tornar, o couraçado da batalha da religião Cristã. Nossa luta no mundo está em defesa de LIBERDADE. Preservar a nossa própria, e, se possível, ajudar as outras a ganhar e manter a sua liberdade.

Esta nação não está lutando pelo "Ateísmo sem Deus" nem "Comunismo Ateu," nem qualquer outro grupo ou nação que tem tido os termos do ódio Cristão aplicadas a eles.
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h22
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 13)

NÃO adorarei tal Deus!

Não posso e não acreditarei em tal Deus. É uma mentira. É uma blasfêmia e uma calúnia contra a própria idéia de Deus.

A Bíblia não é a palavra de Deus!

Com um Deus como o Deus da Bíblia não precisamos de um Diabo. Quando olhamos a Bíblia que temos que questionar seriamente se não fomos levados a adorar os elementos diabólicos da natureza em vez do bem. Temos que questionar seriamente se a fé não é o caminho errado, e a duvida do caminho correto, da religião. Afinal de contas, sempre foram as pessoas mais amáveis, os mais gentis, os mais morais e as pessoas mais respeitáveis que comeram profundamente da árvore do conhecimento de bem e mal -- a mesma árvore que a Bíblia ordena que evitemos.

Ou, o mundo avançou tanto que o que parecia bom a aqueles que escreveram a Bíblia é visto agora como mal? Pensemos nisso! Se a Bíblia não é a palavra de Deus, e é claro que não é, então vamos considerar quem escreveu a Bíblia e por que.

A Bíblia foi escrita por padres primitivos, mas esses padres primitivos eram os homens mais instruídos daquela época. Eles eram os pensadores e os legisladores. Eles derivaram sua autoridade reivindicando que falavam com Deus. As pessoas primitivas são enganadas facilmente, e freqüentemente os velhos padres se enganavam -- da mesma maneira que ministros honrados se enganam hoje.

Os padres que escreveram a Bíblia se levantaram na ponta dos pés para alcançar o mais alto que eles puderam, eles dirigiram seu estandarte. Seu estandarte é a Bíblia. Representa o seu melhor conhecimento as suas melhores moralidades, a sua compreensão mais avançada e sua visão de mundo. Foi tão alto quanto eles puderam pensar! E eles pensaram que era tão alto quanto qualquer um poderia pensar sempre. Assim eles dirigiram o estandarte do seu conhecimento tão alto quanto puderam alcançar e eles chamaram isto "A palavra de Deus."

Aquele estandarte que estava tão alto quanto aqueles velhos padres puderam alcançar, é menos alto que o joelho de um homem moderno. A humanidade avançou durante os milhares de anos desde que a Bíblia foi escrita e nosso conhecimento moderno e compreensão moral mais alta, nos diz que o estandarte, a Bíblia, "não é a palavra de Deus."

Hoje precisamos de um novo Deus desesperadamente -- um Deus que NÃO seja insulto à nossa inteligência -- um Deus que seja tão grande quanto o cosmo infinito. Precisamos de um Deus justo que não escolha galáxias e uma forma de vida preferida -- uma forma de vida que é dita poder sacrificar outras formas de vida. Precisamos de um Deus desesperadamente que comande o que pensamos, em vez de crer e adorar. Precisamos de um Deus para nos civilizar, não um que nos faça selvagens.

Mas não devemos ser tão tolos quanto os velhos padres da Bíblia. Não devemos levantar outro estandarte, criar outra Bíblia, e termos que dizer "acredite." Quão logo as gerações futuras achariam que nossa mais alta moralidade é grosseira, que o nosso melhor intelecto é infantil, e nossa visão de mundo é primitiva? Quão logo iriam os filhos de nossos filhos novamente serem divididos, com pregadores ortodoxos futuros que insistem que nosso livro é "a palavra de Deus," e que alguma declaração de heresia futura; "os delírios da ignorância."

Não devemos prender gerações futuras ao nosso nível. Vamos nos levantar nas pontas de nossos pés e fazer nossa marca, mas ao lado daquela marca escrever "Questione e Cresça." Nosso melhor conhecimento hoje NÃO é a palavra de Deus, e a melhor sabedoria das pessoas que viveram e pensaram milhares anos atrás não é "a palavra de Deus."

Há um fato que os homens sábios e hereges sempre souberam, que filósofos e estudiosos souberam por gerações, um fato que os teólogos sabem hoje, um fato que livra a mente e afugenta o medo terrível. O tempo chegou para as vítimas saberem que de fato também:

A Bíblia não é a palavra de Deus!
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h21
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 12)

Nego que inferno exista! Nego que um Deus vingativo exista! E nego que qualquer livro que conte uma mentira tão perpetuamente injusta e grosseira como a afirmação que o inferno existe, possa ser a palavra de Deus!

Durante a vidada deste século houve mais de cem estudos feitos e publicados que questionam a historicidade de Jesus. Jesus foi uma pessoa real histórica ou foi um mito? Um dos livros mais famosos no assunto foi Albert Schweitzer é "A Busca do Jesus Histórico." O livro foi publicado primeiro em 1906. Schweitzer concluiu que, "O Jesus de Nazaré que chegou como o Messias que pregou a moral do Reino de Deus que fundou o Reino de Céu na terra e morreu para dar consagração final ao seu trabalho, nunca existiu." (pág. 398).

A história e os estudiosos nos dizem que Jesus não era um Deus e sim um mito; nenhum Jesus de Nazaré viveu na ocasião que é dito que "aquele Jesus" viveu, e ninguém naquela época fez as coisas que é dito que o Jesus fez. Agora sabemos de onde o mito de Jesus veio e como originou.

A descoberta da verdade sobre o Novo Testamento é um dos maiores milagres do mundo moderno. É como se houvesse um Deus e este Deus tenha dito: "Basta deste mito que causou tanto ódio e aborrecimento, tanta guerra e perseguição, tanta tortura e sofrimento no mundo! Porei um fim nisto antes que destrua a terra inteira."

Quais foram os "milagres" que revelaram a verdade sobre a origem do mito de Jesus, do Cristianismo e do Novo Testamento?

Em dezembro, 1945, foi descoberto no alto Egito um grupo de 52 rolos Gnósticos de papel que dataram aproximadamente 148 D.C. Estes primeiros rolos de papel contam sobre as doutrinas contraditórias e a incerteza no antigo Cristianismo.

Em 1947 havia outra descoberta incrível. Em Qumran, na orla do Mar Morto aproximadamente 15 milhas de Jerusalém, outro grande número de rolos de papel antigos foi descoberto. Estes rolos de papel são conhecidos como "os Rolos do Mar Morto". A impressão dada ao público que havia somente alguns rolos de papel achados, só aqueles achados na primeira caverna. Mas foram descobertos centenas de rolos de papel, estes rolos de papel são aproximadamente mil anos mais velho que qualquer cópia previamente conhecida da Bíblia, e eles contêm todos os livros do Velho Testamento menos Ester. Também há outros rolos de papel que datam quase cem anos antes de Jesus de Nazaré o qual é dito que ter vivido. Eles contêm quase todo mito do Novo Testamento; eles contêm "O sermão da Montanha", e outros pedaços de bondade e sabedoria atribuídas ao Jesus. Eles não contêm as declarações más de Jesus. Essas foram acrescentadas depois.

Estes rolos de papel velhos destroem a credibilidade das fundações históricas do Cristianismo simplesmente provando que Novo Testamento evoluiu do não inspirado, histórico, escritos pelo homem.

Estes rolos de papel não foram apresentados honestamente ao público. É estranho que o que Deus tenta revelar tão vigorosamente, os homens de Deus estão tão determinados a esconder!

Religião é um grande negócio, e esses que estão em altas posições de lucro e prestígio neste negócio não permitirão que uma mera verdade se torne uma ameaça à religião.

Que tipo de Deus você acha haveria se existisse um Deus? Um Deus seria justo, educado, bom, útil, inteligente e sábio. Em resumo, Deus seria todas as coisas que a Bíblia diz que Deus não é.

Um verdadeiro Deus seria melhor que o melhor de nós, e não pior que o pior de nós.

Se houvesse um Deus não haveria nenhuma guerra, não haveria mal, não haveria fome, superpopulação, poluição, miséria, religião, pestilência e doença; não haveria dogmas e doutrinas e credos. Não haveria nenhuma necessidade para acreditar em tolices e não haveria nenhum medo de pensar. Por que mesmo a ciência, filosofia e razão seriam respeitáveis -- se houvesse um Deus.

Honestamente agora! Quem poderia adorar um Deus como o Deus da Bíblia? Uma pessoa racional não poderia! Certamente não uma pessoa amável e gentil, não uma pessoa justa, nem uma pessoa amorosa. teria que ser uma pessoa assustada. Uma pessoa tão amedrontado que não pensa, ele apenas se abaixa e rasteja diante de um tirano. Só um covarde poderia adorar cegamente o assassino, sangrento, tirano vingativo que a Bíblia descreve como "Deus."
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h21
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 11)

É dito que Jesus disse: (Mateus 10:34-37) "Não pense que estou vindo para enviar paz para a terra: Eu não vim trazer a paz, mas uma espada. (35) porque eu vim separar, o homem contra o seu pai, e a filha contra a sua mãe, e a nora contra sua sogra. (36) e os inimigos de um homem serão seus próprios familiares. (37) aquele que ama pai ou mãe mais que a mim não é digno de mim: E aquele que ama o filho ou filha mais do que a mim não é digno de mim."

Isso não pode ser as palavras de Deus!

Como podemos encontrar paz com deuses como este rondando as mentes das pessoas? É dito que Jesus disse: (Mateus 19:29 e Marcos 10:29) "E todo um aquele que abandonar casas, ou irmãos, ou irmãs; ou pai, ou mãe, ou esposa, ou crianças, ou terras, por causa de meu nome, receberá cem por um, e herdará a vida eterna."

Estas não são as palavras de um Deus!

É dito que Jesus disse: (Marcos 9:43-48) "E se tua mão te ofende, corte-a: é melhor para ti entrar na vida eterna mutilado, que tendo duas mãos, ir para o inferno, para o fogo que nunca apaga: (44) onde o bicho que rói nunca morre, e o fogo nunca apaga. (45) e se teu pé te ofende, corte-o; é melhor para ti entrar na vida eterna coxo, que tendo dois pés ser lançado no inferno, no fogo que nunca será extinto: (46) onde o bicho que rói nunca morre, e o fogo nunca apaga. (47) e se o teu olho te ofende, arranque-o fora: é melhor para ti entrar no Reino de Deus com um olho, que tendo dois olhos ser lançado no fogo de inferno: (48) onde o bicho que rói não morre, e o fogo não é extinto."

Essas não são palavras de Deus: Essas são palavras de loucura!

É dito que Jesus disse: (Lucas 12:5) "Mas eu mostrarei a quem deveis temer: Tema, aquele que depois de te matar tem poder para te lançar no inferno; Eu digo a você, tema-o." O Cristianismo é fundado no medo -- e é perpetuado por medo. Isso não seria o modo de um Deus verdadeiro, o grande Deus deste universo infinito.

Tanto no Novo Testamento, como no Velho Testamento, poderíamos continuar citando declarações cruéis, tolas, não divinas desse Deus novo. Declarações que sabemos são palavras de homens -- de cruéis, avarentos, insensíveis, de mente pequena. Palavras de ódio e vingança!. Palavras para assustar e oprimir! Eles são palavras para dar poder ao padre, a igreja e a religião. Eles são palavras para destruir a razão e fazer da mente humana um escravo.

Sabemos agora que o mito Jesus do Novo Testamento foi tirado da história do fundador do culto Essenio. O fundador dos Essenios chamava-se o Jesus, ele foi crucificado em 88 A.E.C. e tudo de bom que é dito que Jesus de Nazaré disse, foi escrito quase cem anos antes de Jesus de Nazaré ter vivido.

Do culto dos Essenios da velha religião judia, evoluiu um Deus novo, um mito novo, uma religião nova e um Testamento Novo.

Mas o trabalho bom dos filósofos religiosos que criaram o Novo Testamento de Deus foi corrompido pela religião organizada. O mito do Jesus do Novo Testamento já não se assemelha ao amável e justo líder dos Essênios que viveu, sofreu e morreu um pouco mais de dois mil anos atrás.

No Novo Testamento encontramos um Deus que evoluiu durante os primeiros séculos da era Cristã. O Cristianismo se desenvolveu por ódio religioso. Os fracos eram chamados hereges e os seus ensinos brutalmente suprimidos, e foi assim que o Cristianismo sobreviveu, é a ortodoxia do forte e do desumano. Ortodoxia destruiu os submissos e encheu o Cristianismo com ódio, fogo e fúria.

O leigo Cristão e os padres e pastores não acadêmicos da TV que têm tanta influência e apelo emocional hoje, são desavisados da deterioração que ocorreu no Cristianismo durante sua formação. O bem na história original foi posto de lado e o mal se consolidou. A idéia de tormento eterno, como também a idéia do perdão fácil dos pecados foi estabelecida e logo foi fossilizada em dogma e doutrina.

No Novo Testamento se evoluiu um Deus muito pior que o Deus do Velho Testamento. Muito pior de fato, já que a tortura infinita que é pior que sono infinito, muito pior já que queimar no fogo eterno é pior que a simples morte.

Ao contrário do Deus do Velho Testamento, o Deus do Novo Testamento não fica contente apenas quando suas vítimas jazem mortas e quebradas em sua frente. O Filho de Deus não só continuou a tradição familiar, mas excedeu as expectativas mais selvagens do pai.

Se somos insensíveis bastante para acreditar na Bíblia, temos que acreditar que o Deus do Novo Testamento persegue o morto depois da morte. Nos dizem que este Deus, achou um modo para torturar mesmo aqueles que pagaram "a pena final."

O Deus do Novo Testamento montou sua câmara de tortura onde não pode haver nenhuma fuga onde a morte não pode ser um descanso. Tortura perpétua, fogo eterno.; esta crença terrível, esta maldosa injustiça perpétua, se tornou o coração e a base da religião Cristã. As pessoas acreditam, NÃO pela razão, NÃO por qualquer desejo de bondade ou devoção, NÃO por qualquer esperança de tornar este mundo melhor, ou melhorar a humanidade, ou eles próprios se melhorarem, mas por MEDO -- Medo simples, devastador, MEDO entorpecedor da mente. Eles acreditam porque eles têm medo de pensar, medo de questionar. Eles mantêm suas mentes como crianças pequenas -- tem medo de ser homens ou mulheres adultos. Eles simplesmente acreditam porque eles têm medo de não acreditar!

Aqueles que acreditam no inferno nunca podem saber a verdade, pois estão cegos pelo medo. A idéia de inferno foi inventada para estabelecer uma ditadura religiosa e esses que acreditam, vivem toda sua vida sob uma tirania maior que qualquer tirano humano poderia estabelecer. Eles acreditam que eles sempre estão sob o olho do tirano! Eles acreditam que todas suas palavras estão sendo registradas, todas suas ações anotadas, até mesmo seus pensamentos mais íntimos são conhecidos e julgados pelo seu mestre cruel com castigo eterno, e sem piedade. Para tais crentes todo ato e todo pensamento é o resultado do MEDO. Eles são dignos de pena.

O dogma terrível do inferno destruiu a própria fundação da moralidade. A força básica da moralidade é "o poder da simpatia"; sentindo as dores dos outros -- e se preocupando. O dogma de inferno destruiu essa fundação. A mãe, acredita que, poderia se sentar alegremente no céu por toda a eternidade assistindo seu filho ou filha rebelde queimando e sofrendo no inferno.

Detesto uma crença que possa tornar as pessoas tão insensíveis. Nunca poderia ser um Cristão! Nunca poderia estar contente no céu sabendo que há as pessoas que sofrem em um inferno. Tenho grande simpatia por pessoas, e por sua dor, o seu sofrimento, os seus sentimentos, as suas perdas, e suas esperanças.
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h20
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 10)

Um Deus do Universo infinito não assassinaria as crianças inocentes. É uma mentira que Deus "endureceu o coração" do Faraó que assim Deus teria uma desculpa para assassinar crianças pequenas. Isso é uma mentira e uma blasfêmia!

Na Bíblia (Deut. 28, verso 16) Deus é feito dizer: "Mas das cidades destas pessoas que o Senhor teu Deus dá para ti com uma herança, tu não deves salvar vivo nada que respire."

Isso é uma mentira!

O Deus do cosmo infinito nunca falou para selvagens sacrificarem pessoas indefesas, derrotadas, e não deixar vivo nada que respire." É a mentira de selvagens para justificar o roubo e assassinato de seus vizinhos.

A Bíblia não é a palavra de Deus.

Na Bíblia (Josh. 10, verso 12-13) "Então falou Josué para o Senhor naquele dia quando o Senhor entregou os Amorreus diante dos filhos de Israel, e disse à vista de Israel, pare sol, sobre Gabaon; e tu, lua, sobre Ajalon. (13) e o sol ficou parado, e a lua ficou parada, até que as pessoas tivessem se vingado sobre seus inimigos."

Isso é uma mentira!

O Deus de nosso universo infinito nunca parou o sol (Quer dizer, nunca parou o giro da terra) para que um bando de selvagens pudesse sacrificar outro bando de selvagens.

É uma mentira!

Na Bíblia (1 Samuel 6, verso 19) "E ele feriu os homens de Betsames, porque eles tinham olhado dentro arca do Senhor, ele mesmo matou cinqüenta mil pessoas da plebe e dez homens: e as pessoas lamentaram, porque o Senhor tinha golpeado muitas das pessoas com grande carnificina."

Isso é uma mentira!

Um Deus do universo infinito não sacrificaria os homens de uma tribo selvagem porque eles espiaram à parafernália supersticiosa de outra tribo selvagem.

Poderíamos continuar citando estas mentiras primitivas da Bíblia sem parar mas tudo isso provaria uma coisa: A Bíblia não é a palavra de Deus.

Tudo que pergunto é se você leu a Bíblia. Leia com a mente aberta, e você ficará pasmado que você sempre, ou por um momento, acreditou a Bíblia era a palavra de Deus.

Até mesmo alguns crentes têm visto o mal que está no Velho Testamento. Sei que eles juraram não pensar na Bíblia, não julgar -- mas só acreditar. Ainda assim eles mudaram, alguns deles, um pouco, muito poucos,estão longe do Velho Testamento. Eles não admitirão isto mas alguns crentes Cristãos desejariam que o Velho Testamento não tivesse sido escrito. Eles estão envergonhados disto; eles estão envergonhados do velho Deus -- e suas chacinas.

Lá eles estavam, de joelhos, olhos firmemente fechados, mãos apertadas, cabeças curvadas, cérebros desligados. Mas, com sangue inocente correndo, os gritos de mulheres sendo assassinadas, de pequenas crianças sendo estupradas, algo escapou. E eles pensaram, só um pouco, mas eles pensaram. Evolução e moralidade natural tinham construído um interruptor para rejeitar algo em seu cérebro e apesar deles, apesar da sua religião, eles pensaram.

De alguma maneira eles souberam que havia algo errado sobre o Velho Testamento! Eles não sabiam o que, mas parecia existir algo que não era justo e direito. E assim eles mudaram. Apesar deles mesmos, eles mudaram -- eles criaram um novo Deus: Jesus!

Amém, ainda há esperança para a humanidade!

Chegamos agora ao Testamento Novo, e embora sendo Novo Testamento Jesus disse, em Mateus 5, verso 17-18; "Não pense que cheguei para destruir a lei, ou os profetas: Eu não vim para destruir, mas cumprir. (18) em verdade eu vos digo, enquanto não passar o céu e a terra, não passará da lei um só i, ou um til sem que tudo seja cumprido." Apesar de tal reivindicação, o Novo Testamento é a tentativa do filósofo religioso para criar uma nova idéia de Deus, e escapar do Deus Tirano sangrento e mau do Velho Testamento.

Que tipo de Deus é este novo Deus? Sabemos que o evangelho mais velho no Novo Testamento foi escrito depois de 78 D.C., e os outros evangelhos são ainda mais recentes. Assim sabemos que as citações do novo Deus, Jesus, eram só lendas para pelo menos uma geração, e na maioria dos casos para várias gerações.

Vamos ver "o que é dito" que este novo Deus disse de acordo com o Novo Testamento.

É dito que o Jesus disse: (Lucas 14:26) "Se qualquer homem vem a mim e não odeia seu pai, sua mãe, sua esposa e filhos, seus irmãos, irmãs, sim e a sua própria vida também, ele não pode ser meu discípulo."

Isso não pode ser as palavras de Deus!
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h20
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 9)

Dia 2 -- Parte 1

Na Bíblia, o livro de Números, capítulo 31, no verso 15 se lê: "E Moisés disse a eles, vocês salvaram todas as mulheres vivas?"

E versos 17 e 18 lêem: "Agora então mate todos os machos mesmo as crianças pequenas, e mate toda mulher que tenha conhecido homem e deitado com ele. (18) mas todas as donzelas que não conheceram homem e deitaram com ele, reservem-nas vivas para vocês mesmos."

Sei que a Bíblia não é a palavra de Deus porque nos fala que Deus é um assassino; aquele Deus matou, ou causou a morte, de milhões de pessoas inocentes. Aquele Deus ordenou, ou aprovou, o assassinato de civis, de pequenas crianças, de velhos impotentes, mulheres indefesas, prisioneiros de guerra e até mesmo animais. Nos fala que Deus aprovou as instruções para os soldados manterem as virgens para si mesmos. Detesto e nego tal livro, rejeito e chamo de blasfemo qualquer livro que diz que essa é a natureza de Deus. A Bíblia calunia Deus, e então a Bíblia não pode ser a palavra de Deus.

Se há um Deus, a Bíblia é uma blasfêmia. Se não há nenhum Deus, a Bíblia é um mito. De qualquer modo, a Bíblia não é a palavra de Deus.

É dito que Deus tem dito em Êxodo 29:45-46, (45): "E eu habitarei entre os filhos de Israel, e serei o seu Deus. (46) e eles saberão que eu sou o Senhor seu Deus que os tirei fora da terra do Egito e que eu posso morar entre eles: Eu sou o Senhor seu Deus."

A Bíblia diz muito claramente que o Deus do Velho Testamento (Jeová) é "O SENHOR DEUS DOS HEBREUS," o Deus dos "filhos de Israel," o Deus de Abraão, de Isaque, de Jacó. O Testamento Velho é a história de um deus tribal privado cuja primeira e única preocupação é para as "pessoas escolhidas" por ele. É um deus criado pelos sacerdotes daquela tribo, para justificar as atrocidades que a tribo cometeu. É a história de um deus tribal simples, e como todos os outros deuses tribais no mundo naquele momento, o deus sempre reflete as pessoas que o criaram. Se a tribo fosse uma tribo bélica, o seu deus seria um deus bélico.

A Bíblia nos fala que as tribos hebréias eram pessoas agressivas, hostis, e assim o seu Deus refletiu sua ferocidade insensível. Aquele Deus, e os livros do Velho Testamento, literalmente gotejam sangue inocente, com pessoas conquistadas assassinadas, com virgens estupradas -- meras crianças, com crueldades desumanas e crimes indizíveis -- Tudo aprovados pelo Deus do Velho Testamento! Não precisamos de tal Deus em nosso mundo moderno.

REALMENTE TEMOS SORTE QUE A BÍBLIA NÃO É A PALAVRA DE DEUS!

A Bíblia nos fala que aquele Deus é pequeno, que o Deus da Bíblia não é o Deus do Cosmos infinito. Ele não é nem mesmo o Deus da terra inteira --pequeno como é; mas é o Deus de alguma tribo distante e primitiva, de alguma área obscura de nossa pequena terra, durante um período limitado de tempo, muito antes da evolução do homem. Tal conceito de Deus é um insulto, e é absolutamente falso! Eu poderia acreditar em um Deus que é incompreensivelmente grande, mas nunca poderia acreditar em um Deus que é odiosamente pequeno.

É certo que o verdadeiro Deus do Universo infinito não poderia ser pequeno. A Bíblia descreve um Deus muito insignificante para uma crença inteligente.

Quando eu era um Cristão o mero pensamento que pudesse haver uma mentira na Bíblia era repulsivo a mim, da mesma maneira que seria a qualquer crente Cristão. Me ensinaram que a Bíblia era a palavra de Deus. Eu tinha sido ensinado a acreditar -- acreditar cegamente e adorar sem perguntas.

Sendo a palavra de Deus, soube que não pode haver uma única mentira na Bíblia, sabia profundamente dentro de mim que Deus não mentia. Ainda acredito isso! Se há um Deus, que Deus não mentiria. Nunca me ocorreu que a Bíblia não era a palavra de Deus, que poderia ser uma falsificação, o produto da ilusão humana.

Chegou um momento quando me determinei ler a Bíblia novamente, desta vêz da mesma maneira que leria os livros de uma religião estranha e estrangeira, ver isto com os olhos de um infiel de pensamento. O infiel veria nossa Bíblia como razoável, como moral, e como uma força para bem de humano? Foi então que encontrei a mentira, e olhando mais adiante achei outra mentira, então outras mentiras e ainda mais. A mim era uma revelação; foi como se uma bandagem tivesse sido tirada de meus olhos e estava vendo a verdade pela primeira vez. Todos sabemos que um livro que contém mentiras não pode ser a palavra de Deus. Todos sabemos que conceito temos de um Deus.

A Bíblia não é a palavra de Deus porque a Bíblia contém mentiras.

A Bíblia diz em Êxodo 10, verso 27, "Mas o Senhor endureceu o coração de Faraó, e ele não lhes deixaria ir." Então no verso 29; lemos "E veio passar, que à meia-noite o Senhor golpeou todo o primogênito na terra de Egito, do primogênito do Faraó que se sentou no trono dele até o primogênito do escravo que estava no calabouço; e todo o primogênito de gado."

Isso é uma mentira!
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h19
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 8)

E ainda os cristãos chamam a Bíblia "a palavra de Deus," e a eles próprios "morais."

A história demonstrou novamente e novamente que a moralidade pessoal não pode sobreviver onde as pessoas acreditam em perdão divino, acreditam na ilusão da Bíblia que um pouco de "poder a mais" pode remover a culpabilidade do culpado, sem remover o mal da vítima.

Religião sempre reivindica que a fonte da imoralidade vem da falta de religião, mas os fatos provam justamente o oposto. Cristianismo nunca foi mais forte nos Estados Unidos que é hoje. Cristãos têm igrejas em toda comunidade, eles monopolizam rádio e tempo de televisão com propaganda religiosa. Eles forçaram a religião sua em nosso governo, em nossas leis e em nossas vidas. Eles silenciaram todos os fatos opostos e opiniões. Eles constantemente estão adquirindo cada vez mais poder, cada vez mais propriedade e cada vez mais riqueza. Ainda eles não têm a moralidade básica para pagar os seus impostos honrados.

Ao mesmo tempo que o Cristianismo tem crescido mais rico e sempre mais poderoso, impostos subiram mais alto e mais alto, pobreza e a fome aumentaram, a taxa do crime tem escalado cada vez mais alto e sempre mais rápido, os velhos tem medo de deixar suas casas; narcóticos se tornaram uma pestilência nacional, e nossa nação foi envolvida em mais guerras e conflitos internacionais que a qualquer hora em sua história.

Como os cristãos ganham o poder a novamente e novamente depois de constantemente falhar ao estabelecer a paz, progresso, prosperidade e moralidade?

A técnica deles é muito simples. Eles chamam a Bíblia deles "a palavra de Deus" e eles próprios "morais."

Não devemos permitir que a ignorância organizada destrua esta nossa grande nação. O povo Americano devem ser alertado sobre um fato simples:

A Bíblia não é, E NÃO PODE SER, "a palavra de Deus."
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h19
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 7)

Dia 1 -- Parte 2

Somos, sem dúvida, uma das mais doutrinadas e enganadas nações da terra; pelo menos, na área da religião. Hoje não há nenhuma ameaça maior a nossa nação, e para nossa liberdade que o Cristianismo. Nenhuma outra força poderia ter silenciado e poderia ter mudado a história americana como o Cristianismo fez. E nenhuma outra força poderia ter enganado tão completamente o público americano como Cristianismo o fez.

A agressão Cristã contra a América, contra os direitos dos não Cristãos, está baseado na ilusão que a Bíblia é "a palavra de Deus." Vamos olhar a história terrível dessa ilusão.

Se você sabe um pouco de história afinal, você sabe que o Cristianismo e a Bíblia não só não tem mantido paz, você sabe que eles tem sido completamente responsáveis pelas guerras mais sangrentas e desnecessárias de história. Você sabe que todas as Cruzadas foram puras agressões Cristãs. Você sabe que os cruzados, apesar da sua fé devota na Bíblia, na oração, no Cristianismo, e no seu Deus, novamente e novamente não recapturou a "terra Santa." E pela verdade da sua Bíblia os Cruzados sacrificaram os homens, mulheres e crianças sempre que eles capturavam uma cidade.

E ainda os cristãos chamam a Bíblia "a palavra de Deus," e eles próprios "morais"!!

Se você sabe um pouco de história afinal, você sabe que o Obscurantismo foi o tempo do estabelecimento absoluto da Bíblia Cristã e da religião Cristã. Você sabe que era um tempo da maior pobreza, ignorância, opressão e superstição, e você sabe que nunca houve uma era pior e mais imoral. Você sabe que a tortura e a queima de hereges era justificada pela Bíblia. Você sabe que a Bíblia foi a desculpa para a Santa Inquisição, para a tortura e para queimar bruxas, para roubar os órfãos e viúvas. Você sabe que a Bíblia causou mais ódio e perseguição que qualquer outro livro; mais sofrimento que qualquer outra doença. E você sabe que a Bíblia sempre foi a maior inimiga do progresso humano, da ciência, da cultura e do aprendizado; o maior inimigo da moralidade, liberdade, e da justiça no mundo.

Se você sabe qualquer história afinal, você sabe que a América era um refúgio para esses que foram perseguidos pela Bíblia, e pela igreja estabelecida na Europa. Você sabe que os crentes na Bíblia,os cristãos nunca tiveram qualquer conceito de liberdade. Eles sempre pensaram que liberdade era o seu direito de forçar sua convicção em outros. E você sabe que a primeira preocupação dos Pais Fundadores era separar a religião do governo, e estabelecer uma nação livre, e um povo livre. E você também sabe que a maioria dos Pais Fundadores era Teístas, não Cristãos.

Se você sabe um pouco de história afinal, você que sabe quando a Bíblia estava estabelecida, e Cristianismo tinha poder, os cristãos torturaram e assassinaram aqueles que duvidaram ou discordaram da sua Bíblia.

E sempre que os cristãos perdem o poder de perseguir, eles caluniam e chamam "imoral" esses que eles já não podem perseguir.

E ainda os cristãos chamam a Bíblia "a palavra de Deus," e eles próprios de "morais"!!

Hoje o Cristianismo ganhou seu poder perigoso na América ensinando a Bíblia, em vez de nação; confundindo devoção com patriotismo; chamando bons americanos de "comunistas", os bons patriotas de "traidores." Eles ensinam ódio e desconfiam dos que apoiam os grandes ideais americanos da separação do estado e da igreja e odeiam os tribunais americanos que ousam apoiar a Constituição de nossa nação.

O Cristianismo suprimiu e mudou história americana, escondeu citações, fatos e evidências que provam que o Cristianismo e a Bíblia foram reconhecidos como inimigos da liberdade por aqueles que fundaram esta nação. Os cristãos esconderam o fato que os Pais Fundadores lutaram para assegurar liberdade de consciência; lutaram para pôr o Cristianismo em seu lugar legítimo -- igual a toda outra opinião religiosa; lutaram para pôr a Bíblia em seu lugar legítimo -- o igual a todo outro livro.

Hoje a história Cristã nos conta uma verdade: Aqueles que assassinaram também mentirão!

A menos que você seja um estudioso dedicado da história americana, você não sabe que Deísmo era a rejeição direta, e refutação, da Bíblia Cristã, à religião Cristã, e ao Deus Cristão. Você não sabe que George Washington "era o principal estadista que defendeu separação total do estado e igreja e quem viu que nenhuma referência para o Cristianismo ou mesmo Deismo foi feito na Constituição" (A Enciclopédia de Filosofia, Vol. 2). Você não sabe que "a primeira liberdade da Constituição significa estabelecer é a liberdade da religião. Thomas Jefferson era um Deista e aconselhou para o seu jovem sobrinho que questionasse até mesmo com coragem a existência de um deus" (Carta para Peter Carr, agosto. 10, 1787, "deísmo nos Estados Unidos," pp. 222-34.) você não sabe que o Deísta sincero Thomas Paine, fez mais para tornar os Estados Unidos da América uma nação livre e separada que qualquer outro americano. E você não sabe mil outros fatos da história americana que contesta as reivindicações Cristãs; fatos que manteriam a América livre.

Você não precisa ser um estudioso para saber que Cristianismo fundamentalista, e as forças de superstição de Bíblia estão atacando as mesmas raízes da liberdade de nossa nação hoje.
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h18
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 6)

O Mandamento de Deus em Êxodo 21:2 se lê "Se tu comprares um escravo hebreu, ele te servirá seis anos,: e no sétimo ele será libertado de graça..." Êxodo 21:4 lê "Se o seu senhor lhe deu uma esposa, e ele teve dela filhos ou filhas; a esposa e as crianças dele serão de seu senhor e ele escravo sairá apenas com suas roupas do corpo." Lembre-se, que estas são as Ordens de Deus, e a justiça de Deus, de acordo com a Bíblia. Êxodo 21:5-6 se lê "E se o escravo disser claramente, amo meu senhor, minha esposa, e minhas crianças: Não sairei livre: (6) então o mestre o trará até os juizes... e o mestre dele furará a orelha dele por com um sovela; e ele o servirá sempre."

A Bíblia sempre apoiou a escravidão, e sempre foi o maior obstáculo à justiça e ao progresso humano no mundo.

Outra das Ordens de Deus é Deuteronômio 13:6-8, onde se lê: "Se teu irmão, o filho de tua mãe. Ou teu filho, ou tua filha, ou tua esposa a quem trazes no teu seio. Ou teu amigo a quem amas como a tua alma, te quiser persuadir, dizendo-te em segredo, vamos servir outros Deuses que tu desconheces e teus pais desconheceram, (7) isto é, dos Deuses das pessoas que estão perto de ti, ou longe, desde uma extremidade da terra até a outra (8) não esteja para o que ele te diz, nem o ouças; nem o teu olho lhe perdoe de modo que tenhas compaixão e o encubras (9) mas logo o matarás; seja a tua mão a primeira sobre ele para morte, e depois a mão de todas as pessoas. (10) Morrerá coberto de pedras; porque ele quis apartar-te do Senhor teu Deus, que te tirou da terra do Egito da casa da servidão."

Quem disse que Deus era a favor da vida?

Tenho mostrado freqüentemente para cristãos que Cristianismo causou sofrimentos incontáveis ao mundo. A história está tão cheia com guerras Cristãs, perseguições, torturas e queima e ódio que nenhuma pessoa gentil e amável se chamaria um Cristão se eles soubessem a verdade da história Cristã.

A resposta é sempre a mesma: "Como posso eu, ou qualquer Cristão hoje, me sentir responsável pelo que outras pessoas cristãs fizeram no passado?" E ainda, de acordo com o segundo Mandamento de Deus torna os filhos responsáveis pelos enganos, ou crimes de seus pais, "mesmo até a terceira e quarta geração." De fato o conceito inteiro do Cristianismo é baseado em "pecado original," o máximo em culpabilidade hereditária injusta. Não acredito em culpabilidade hereditária. A mesma idéia que nós, da raça humana nascemos em pecado por causa de algum pequeno engano que é dito que Adão tenha feito é tolo. Não! É mais que tolo, é loucura. Tal loucura não é de Deus.

A mesma idéia que Deus teria que nascer de uma virgem, ou qualquer outra coisa, e então ter que ser assassinado pela raça humana para perdoar a humanidade, está muito louco. Acredito que um Deus faria do mesmo modo que você faria se seu filho tivesse sido malcriado, e você teria ficado chateado durante algum tempo. Você não diria à aquela criança: "Traga-me um martelo e bata em minha mão, com força, para que eu possa perdoar a travessura que tu fizeste."

Não! Você iria até a criança, e a tomaria em seus braços, e você falaria para seu filho que você o ama com todo seu coração, e que você nunca poderia realmente ficar bravo com ela. Que ela significa mais para você que sua própria vida. Isso é o que você faria, ou deveria fazer: Isso é o que eu faria, e qualquer livro que diz Deus faria qualquer outra coisa, simplesmente não pode ser a palavra de Deus.

Não devemos ser escravos de uma superstição primitiva. Não devemos ter medo de pensar, questionar e investigar. Temos que fazer nossas mentes livres: Levante-se de seus joelhos, se levante em seus próprios pés, eleve sua cabeça, abra seus olhos e começa a usar sua mente. O uso da mente humana nos elevou acima de todos os outros animais e fez a raça humana mestre da terra inteira. A mente humana--razão--é a única esperança que temos de sobreviver em nosso moderno e atômico, mundo. Temos que aprender usar nossas mentes.

Há boas notícias esta noite: Espalhe as boas notícias!

Nossas mentes agora são livres para raciocinar;
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h18
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 5)

A Bíblia não pode ser verdade já que ela constantemente se contradiz. Ainda ela poderia ser uma inspiração à boas moralidades e conduta apropriadas. Assim vamos ver o que a Bíblia diz sobre bondade, justiça, generosidade, moralidade e respeito à família, amigos e vizinhos.

Vamos olhar algumas das moralidades sexuais que estão na Bíblia. Começarei com Gênese 19. Conforme leio a história, dois "anjos" são os convidados na casa de Ló, quando "os homens da cidade" vêm para a casa e em Gênese 19:5-8 lê: "E eles chamaram Ló, e disseram, onde estão os homens que vieram até você esta noite? Traga-os até nós, para que possamos conhecê-los. (6) e Ló saiu, fechou a porta: (7) e disse, eu rezo a vocês, irmãos, não sejam assim maldosos. (8) Veja agora, eu tenho duas filhas que ainda são donzelas; eu vo-las trarei, e vós usais delas como for do vosso gosto; só não faça nada a estes homens, porque eles vieram à minha casa como um lugar de segurança."

Naturalmente, não posso saber o que isso diz para outros, mas a mim parece dizer: "Veja agora, eu tenho duas filhas que ainda são donzelas; eu vo-las trarei, e vós usais delas como for do vosso gosto;".

Que tipo de pai ofereceria suas filhas a uma turba a ser usada como eles quiserem? Serei honrado com você, se você fosse um convidado em minha casa, eu o protegeria com todo meu poder, mas se viesse ao ponto de escolher entre você ou minhas crianças, seria você. E esperaria o mesmo, se fosse sua escolha entre suas filhas ou eu. Se fosse o próprio Deus, se é que há um Deus, ele iria antes de minhas filhas. Não sou um Cristão. Sou muito a favor da família, meus filhos inocentes vêm primeiro.

Mas isso não é o fim da história, ela continua e piora. Em Gênese 19:31-32, estão falando as filhas de Ló: "E a mais velha disse á mais jovem, Nosso Pai é velho, e não há um homem na terra com quem possamos casar, segundo o costume de todoo mundo: (32) venham vamos fazer nosso pai beber vinho, e deitaremos com ele, que podemos preservar a semente de nosso pai."

E esta história indigente vai até Gênese 19:36 lê: "Assim estavam ambas as filhas de Ló esperando um filho de seu pai."

Agora sei que isso não é o que a Bíblia diz a você que acredita que ela é "a palavra de Deus." Mas a, mim, parece dizer: "Assim estavam ambas as filhas de Ló esperando um filho de seu pai." A mim essa história é pura obscenidade, mas outros dizem não há nenhuma sujeira, e nenhuma imoralidade, na Bíblia, assim não sei o que aquela história diz a outros, mas a mim é pura sujeira. E, a mim, obscenidade não pode ser uma parte de "a palavra de Deus."

Há muitas histórias na Bíblia Cristã que acredito ser sujeira imoral, pura. mas esta servirá como um exemplo para o resto. Afinal de contas, estamos considerando a Bíblia como "a palavra de Deus," precisamos apenas de uma só história "ruim", só uma contradição, só uma mentira ou injustiça, provar a Bíblia não é a "palavra de Deus."

Vamos considerar a justiça de Deus como registrada na Bíblia.

XXX O Rei Davi obteve uma das suas muitas esposas por seqüestro, estupro e assassinato. A história está no segundo livro de Samuel, capítulo 11, e verso 4 e se lê: "E o Davi enviou os mensageiros, e a levou; e ela entrou com ele e ele se deitou com ela..." Espero que você me perdoe por repetir tais histórias imundas, mas isso é o que a Bíblia diz. A história continua e Bathsheba está grávida. Davi tem o marido dela, Uriah, morto e no verso 26 e 27 lemos: "E quando a esposa de Uriah ouviu que Uriah seu marido estava morto, ela lamentou por seu marido. (27) e quando o luto passou, Davi a trouxe para sua casa, e ela se tornou sua esposa, e deu a ele um filho. Mas a coisa que o Davi tinha feito descontentou o Senhor."

Bom! Agora teremos uma chance para ver a justiça de Deus em ação. Como Deus castigou o Davi para esses crimes mais terríveis? Como você acha que um homem tão terrível deveria ser castigado? Bem, o castigo de Deus para os crimes de Davi pode ser lido no segundo livro de Samuel, capítulo 11, verso 15, lê: "E o Senhor golpeou a criança que a esposa de Uriah teve de Davi, e esta estava muito doente." e verso 18 lê: "E veio passar no sétimo dia, que a criança morreu." Acredite se quiser; a idéia de justiça de Deus para o assassinato do marido de Bathsheba, era para o próprio Deus assassinar o bebê inocente de Bathsheba. Isso é a justiça de Deus de acordo com a Bíblia Cristã.

Não sei o que esta história diz a um crente Cristão, mas se é para dizer o que entendo da Bíblia, é o que ela diz, teria que ser muito privado de mente para acreditar que a Bíblia é "a palavra de Deus."

Vamos considerar os Mandamentos de Deus, de acordo com a Bíblia. Não há apenas dez Mandamentos, como muitas pessoas parecem acreditar, mas centenas. Há nada menos que 73 capítulos cheios de Mandamentos de Deus. E um Deus sendo o que um Deus é, todo Mandamento tem que receber a mesma obediência como todo outro Mandamento. Agora, vamos ver o que Deus Mandou.

Êxodo 22:18 lê: "Tu castigarás de morte aqueles, que usarem de sortilégios, e de encantamentos." Quando o Cristianismo teve poder estas oito palavras causaram a morte de centenas de milhares de pessoas inocentes que foram torturadas e queimadas vivas. Esse Mandamento é do mesmo grupo, como uma versão dos, assim chamados, Dez Mandamentos.
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h17
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 4)

Começarei com a primeira ordem que Deus deu para os homens; aquela onde nenhum Cristão Fundamentalista alguma vez quebrou.

Gênese 2: versos 16-17 lê-se: "E o Senhor Deus, comandou o homem e disse "de toda árvore do jardim tu podes comer livremente: (17) Mas da árvore do conhecimento do bem e do mal, tu não deves comer: pois no dia que tu comeres tu irás certamente morrer."

De acordo com a Bíblia, o homem, Adão, não morreu no dia que ele comeu da árvore proibida. A Bíblia diz que Adão e Eva foram expulsos do jardim e; Gênese 5: verso 5 lê: "E todos os dias que Adão viveu eram novecentos e trinta anos; e ele morreu."

Mas, como entendo a Bíblia, ainda há outra contradição a Gênese 2: verso 16-17.

Em Gênese 3: verso 22-23 Deus parece estar falando a alguns outros Deuses e li isto dizendo: (22) "E o Senhor Deus disse, observe, o homem tornou-se como um de nós, ao conhecer o bem e o mal -- para que ele avance sua mão, e também tome da árvore de vida, coma, e viva para sempre; (23) então o Senhor Deus o enviou do jardim de Éden para cultivar o solo do qual ele foi tirado."

Em Gênese 2:16-17, Deus disse "de toda árvore do jardim tu podes comer livremente mas da árvore do conhecimento..." Agora, em Gênese 3:22-23 achamos que ainda há outra árvore no jardim que foi proibida; a árvore de vida.

Conforme leio a Bíblia, parece que a palavra de Deus não pode ser confiada como nesta, aparente, contradição:

Êxodo 33: verso 20, é dito que Deus disse: "Tu não podes ver minha face; por isso nenhum homem pode me ver e viver."

Êxodo 33: verso 22 lê: "E o Senhor falou cara a cara com Moisés, como um homem fala com seu amigo."

Isso parece uma auto-contradição para mim, mas como disse, a Bíblia é obviamente incompreensível, e você pode não ver nada de estranho nas duas declarações afinal de contas. Eu poderia gastar o resto da noite dando as contradições que são encontradas no Velho Testamento, assim tenho que pular o resto.

E quanto ao Novo Testamento, há contradições também nele? Bem, alguns dizem obviamente que há muitas contradições no Novo Testamento, e há outros que dizem que não há nenhuma. Só posso lhe contar o que esse livro me diz.

Conforme leio o Novo Testamento encontro a primeira contradição bem no primeiro verso, bem no primeiro capítulo, do primeiro livro do Novo Testamento.

Em Mateus 1: verso 1, leio. -- "O livro da geração de Jesus Cristo, o filho de Davi, o filho de Abraão." E depois daquele verso vem uma longa linha de "pai de fulano, filho de fulano" até chegarmos ao verso 16, que se lê: "E Jacó é o pai de José o marido de Maria, de quem nasceu Jesus que é chamado de Cristo."

Agora se o José não foi o pai natural de Jesus, mas só o marido de Maria, como Mateus 1:16 diz, então Mateus 1, 1 a 16, não é, não pode ser, "a origem de Jesus Cristo, como é declarado no primeiro capítulo, primeiro verso de Mateus.

Mas se o José é o pai natural de Jesus, como está implícito em outros versos da Bíblia, então a história de que Jesus nasceu de uma virgem é uma contradição. Aquela lenda está em Mateus 1:18 e lê: "Agora a origem de Cristo estava neste modo. Quando Maria sua mãe ficou noiva de José, antes que eles ficassem juntos ela descobriu estar grávida pelo Espírito Santo."

Também, e mais importante, se Jesus nasceu de uma virgem e não era descendente de Davi, então as palavras de Pedro em Atos 2:29-30 são falsas. Em Atos 2:29-30 diz Pedro: "homens e irmãos, deixem-me falar livremente a vocês sobre o patriarca Davi, que ele está morto e enterrado, e seu sepulcro está conosco até este dia. (30) sendo então um profeta, e sabendo que Deus tinha jurado solenemente a ele, que o seu descendente, de acordo com a carne, ele criaria Cristo para se sentar em seu trono;"

Agora temos uma "bela feijoada." Se Jesus é o filho de Deus pelo "Espírito Santo," como é declarado em Mateus 1:18-20, então ou ele não é o Cristo, ou Deus "jurou solenemente" uma mentira a Davi. Ou então, Jesus é o filho de José, filho de Davi, filho de Abraão, e assim poderia ser o "Cristo"; entretanto ele não pode ser o filho de Deus pelo Espírito Santo, e não poderia ter nascido de uma virgem.

Novamente eu poderia passar a noite inteira comentando as contradições que aparecem no Novo Testamento. Mas como estamos falando de um livro que é dito ser a palavra de Deus, precisamos apenas de uma só contradição, em qualquer lugar na Bíblia para provar que ela não é a palavra e o trabalho de Deus.

Se é que há um Deus.
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h17
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 3)

Não é de leve que tomo a tarefa de provar que a Bíblia não pode ser a palavra de Deus. Se as promessas, mesmo falsas, fossem úteis à humanidade, eu as ignoraria em silêncio. Mas elas não são benéficas! "Livros santos" nunca foram uma ajuda à humanidade, e nunca serão. De fato eles estão ficando mais perigosos diariamente. O historiador honrado sabe que livros religiosos são, e sempre foram, um grande fardo para a raça humana. E apesar de todo nosso conhecimento moderno esses livros velhos continuam causando ódio e guerras até hoje.

Assim temos que examinar a Bíblia Cristã, não porque é muito diferente de outros livros religiosos, de outras nações e de outros Deuses, mas porque é o um livro que foi feito para dominar nossa sociedade através da doutrinação. Fomos ensinados a acreditar nisto na infância, e proibidos de questionar isto na maioridade. Isto põe em perigo o nosso mundo moderno, evita a maturidade intelectual e limita o âmbito de nossos pensamentos com lendas primitivas.

A Bíblia Cristã é "A palavra inspirada de Deus"? Vamos pensar cuidadosamente no que esta afirmação deve significar. Com esta afirmação vem a conclusão óbvia que a Bíblia deve ser "Divinamente perfeita." Significa dizer que a Bíblia deve ser mais perfeita que qualquer mera mente humana pudesse fazer. Qualquer engano nesse livro, qualquer erro ou contradição, de fato ou forma, provaria que este livro não pode ser a "palavra inspirada de Deus."

Não só a Bíblia seria perfeita em si mesma, mas estaria igualmente clara e compreensível a toda mente humana, e toda pessoa entenderia nela exatamente o mesmo.

Talvez você sinta que estou exigindo muito de um mero livro. De um Deus que pôde criar a compreensão humana, não se pode esperar que produza um livro que concorde com sua criação?

Pessoalmente, acredito que está se pedindo muito de nós, em acreditar que Deus escreveria, ou inspiraria, um livro no qual a humanidade não pôde concordar em sua interpretação. Um livro que causou guerras infinitas, perseguições, tortura, fanatismo e ódio. Um livro que é tão ininteligível que não só faz "os não-crentes" rejeitá-lo, mas aqueles que acreditam que ele é a verdadeira palavra de Deus, não podem concordar em sua interpretação. Há centenas de seitas Cristãs diferentes só nos Estados Unidos, e isso não inclui os milhares de incontáveis indivíduos em particular que têm sua própria interpretação pessoal da Bíblia.

O próprio fato deste debate, ou qualquer debate sobre a Bíblia, é prova irrefutável que a Bíblia não pode ser "a palavra de Deus."

É reivindicado freqüentemente por teólogos que as escrituras originais estavam perfeitas, mas que a Bíblia perdeu sua perfeição por erros de cópia e por ser traduzida em vários idiomas. Impossível! Não pôde haver uma cópia defeituosa ou tradução de um livro perfeito que fosse perfeitamente compreendido pelo tradutor. Deus não permitiria isto!

Se é que há um Deus.

Há muitas versões da Bíblia Cristã e há muitas interpretações contraditórias em cada versão. Não só pelos crentes Cristãos comuns e clérigos, mas por esses estudiosos que gastaram suas vidas inteiras estudando as escrituras. Tal confusão não é o trabalho de Deus.

Desde o mal e a confusão que a Bíblia causou, e continua causando, e desde a natureza primitiva, tola e contraditória deste livro, é evidente que a Bíblia não pode representar a palavra de Deus. Citarei algumas passagens, de uma das muitas versões da Bíblia para mostrar por que rejeito a Bíblia. Citarei a versão do Rei Jaime, como a li e como a entendo. Não sou tolo o bastante para acreditar no que entendo a Bíblia para dizer, é o que a Bíblia diz. Considerando as numerosas versões e interpretações da Bíblia, fico surpreso que haja qualquer pessoa na Terra tola o bastante para acreditar que sua interpretação da Bíblia é a correta; que alguém sozinho, de alguma maneira, tropeçou no verdadeiro significado da Bíblia, enquanto todos os outros crentes, não-crentes, ministros, padres, estudiosos e infiéis interpretaram mal, e entenderam mal, a Bíblia.

Algumas pessoas dizem há mais de duas mil auto-contradições na Bíblia, algumas outras pessoas dizem que elas não podem achar nem uma sequer. Tudo que posso fazer neste momento, é mostrar algumas, das muitas, que a mim parecem contraditórias.
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h16
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 2)

Mas de todas as coisas humanas que é dito que Deus fez, a coisa mais importante de todas, que nos contam, era escrever livros, ou guiar a mão e mente dos que escreveram. São os livros que dizem que ele escreveu ou que causou sua escrita, que serão considerados esta noite.

A história que contei sobre a descoberta de Deus não é única. Os antropólogos concordam que ela aconteceu muitas vezes, e em muitos lugares diferentes. Sempre que as pessoas primitivas precisaram de um Deus elas sempre acharam um, feito sob medida. Era o Deus deles mesmos, e sempre se assemelhando a eles em grande proporção. O Deus sempre teve os mesmos inimigos e as mesmas moralidades, da mesma forma que as pessoas que o acharam, e muitos desses Deuses eram os autores; Eles escreveram livros.

Eu não teria nenhuma dificuldade, se estivesse em uma parte muçulmana do mundo, em convencer as pessoas de lá que a Bíblia Cristã não é "a palavra de Deus." Se eu estivesse falando a budistas, hindus, ou às pessoas de qualquer outra religião eu não teria nenhuma dificuldade em provar, para a satisfação delas, que a Bíblia Cristã não é a palavra inspirada de Deus.

Mas estou numa parte do mundo dominada por Cristãos. E estando em uma parte Cristã do mundo, sinto que eu não teria nenhuma dificuldade em convencer a maioria de vocês que os livros sagrados muçulmanos são falsos, e que esses livros não são a verdadeira palavra de Deus. Você tenderia a concordar que todas essas outras pessoas que têm outros Deuses e outros livros religiosos são enganadas. Você tenderia a concordar que elas foram mal informadas, ou até mesmo que foram enganadas. Pareceria que as pessoas em outras partes do mundo são levadas tão facilmente a acreditar no que quer que seja aceito em sua parte do mundo. Elas acreditam tão facilmente em falsos ídolos. Apenas nós, que por acaso nascemos na parte Cristã do mundo, temos a "verdadeira verdade." Bem, a maioria de nós temos. Há, claro, os judeus, e esses terríveis velhos Ateus, e muitos outros que recusam aceitar a "verdade" da Bíblia Cristã.... mas esses não contam.

Vamos ignorar os não-Cristãos entre nós e supor que a religião Cristã -- e a Bíblia, sejam totalmente aceitas nesta parte do mundo. O ponto é simplesmente este: a verdade é geográfica? As mesmas coisas que são verdade no Irã não deveriam ser também verdades na Índia, Japão, África, Canadá, e no resto do mundo? Deveria ser assim, não é? Verdades científicas são universais, por que verdades religiosas não são universais? É razoável supor que só nós estamos certos e todo o resto do mundo errado? Que somos os únicos que temos o verdadeiro Deus e o verdadeiro livro da "palavra de Deus"?

Pode o Deus simples da Bíblia Cristã que é tão parecido com um homem que é tão parecido com as pessoas que primeiro encontraram Deus, pode ser este Deus que a sabedoria busca? A sabedoria conhece bem o Deus que a mente primitiva encontrou. A sabedoria conhece bem a Bíblia, e a todos os outros livros divinos, conhece todas as religiões construídas baseadas nesses livros e nesses Deuses; e ainda assim a sabedoria e a razão continuam buscando Deus, ou até mesmo um rastro de Deus.

Uma vez que a idéia "Deus" era estabelecida numa tribo, era passada de geração para geração, os filhos foram ensinados a acreditar como os pais acreditavam, e os filhos dos filhos foram ensinadas acreditar por sua vez. Da mesma maneira que fomos ensinados acreditar no que nossos pais acreditaram. As crianças foram sempre ensinadas a acreditar, mas nunca a questionar.

E assim Deus se tornou uma suposição auto perpetuante.

Em nossa parte do mundo a Bíblia Cristã domina. Nestes países há muitas pessoas que acreditam que a Bíblia é "a palavra inspirada de Deus." Eles foram ensinados a acreditar que aquele livro é a fundação de nossas leis, a essência da justiça, a fonte de nossa liberdade e até mesmo de nossa civilização. Eles acreditam que ela promete derrotar a morte e dá esperança de outro mundo onde a felicidade será deles para toda a eternidade.

Queria eu que isso fosse verdade.

Essas pessoas não leram a Bíblia, ou leram com a mente fechada. Elas não vêem a ignorância, a injustiça, o ódio da liberdade, a intolerância religiosa, as perseguições e a imoralidade bruta que estão na Bíblia.

Elas se lembram do céu, mas elas se esquecem do inferno.
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h16
[]


 
   A BÍBLIA É A PALAVRA DE DEUS? (parte 1)

Texto parte de um debate de dois dias com um ministro Fundamentalista.

Dia 1 -- Parte 1

Antes que possamos falar sobre a Bíblia, temos que considerar outra pergunta, uma mais profunda e mais importante.

Primeiro temos que considerar Deus.

Ao longo da história, a raça humana sempre buscou Deus. Buscou para achar alguma prova, alguma indicação, um pouco de esperança, o que Deus é; ou o que poderia ser.

Essa procura continua até hoje.

A sabedoria busca encontrar um rastro de Deus na imensidão do espaço eterno, busca alguma indicação através dos longínquos confins do cosmos -- dentro do coração da natureza em si - que existe, ou poderia existir, alguma inteligência guiando -- mesmo que remotamente -- que poderia, talvez, ser Deus. A sabedoria busca, e continua buscando, um rastro de Deus, mas até agora não achou esse rastro.

Neste ponto minúsculo e distante que chamamos de Terra e de nossa casa, e pelos alcances infinitos do espaço, a sabedoria e a ciência acham só natureza e os funcionamentos de natureza. Nada mais!

E ainda assim, enquanto a sabedoria busca e procura por um traço de Deus em vão, a ignorância encontrou Deus. Ou, pelo menos, acredita que encontrou Deus, a ignorância não só achou Deus, mas tem informações diretas sobre o que Deus disse e fez, o que Deus quer, o que Deus pensa, do que Deus gosta, e o que Deus odeia.

A ignorância que achou Deus não tem nada que ver com crentes religiosos hoje. Deus, ou a ilusão de Deus, foi encontrada há muito tempo; na infância da raça humana. A ignorância encontrou Deus muito antes da raça humana achar a ciência; até mesmo antes que a roda fosse inventada, ou o fogo ter sido dominado e se tornado amigo do homem. Naquele mundo estéril, frio e perigoso nossos antepassados distantes se levantaram. A humanidade estava em sua infância e lutava para entender as forças de natureza, escapar de seus inimigos, se alimentar, e se reproduzir. A mente humana estava emergindo da escuridão dos instintos animais para os primórdios da razão. Seu único pensamento: Sobrevivência! Era um mundo perigoso com inimigos, em todos os lugares e sempre.

"Que grande e poderoso era o nosso líder que foi morto na última estação" eles poderiam pensar. "Se somente seu poder estivesse agora conosco, destruiríamos este inimigo facilmente."

"Oh grande líder nos ajude neste tempo de necessidade maior!"

E assim a ignorância criou a fé em face da necessidade.

E Deus nasceu!

Este Deus que a ignorância encontrou, ou inventou, parece em grande parte com um homem. Eles nos falam que ele tem uma face, mãos, intestinos, um pé (talvez dois). Eles nos falam que ele tem narinas e gosta de cheirar as ofertas queimadas em altares primitivos.

[NOTAS: Face: Ex. 33:11,20,23; Num. 14:15. Mãos: Ps. 28:5. Intestinos: Jer. 31:20. Pé: Is. 37:25. Talvez dois pés: Salm. 18:9. Narinas: 2 Sam. 22:9,16. Odor de ofertas queimadas: Gên. 8:2]

Este Deus que a ignorância encontrou ou inventou, também possui emoções e desejos notavelmente humanos. Ele odeia, ama, sente raiva e sente compaixão. Tem os indivíduos favoritos, e um povo escolhido. Este Deus definitivamente é do sexo masculino, e tem tendências masculinas definidas. É freqüentemente bravo, facilmente enfurecido, jura, destrói coisas, faz beicinho, grita, engana, e freqüentemente descansa.

Qualquer esposa reconheceria Deus.

[NOTAS: Odeia: Mal. 1-2,3, Rom. 9:11-13. Amor: Deut. 7:13. Raiva: Ex. 4:14. Compaixão: Ps. 111:4. Favorito: Ex. 3:21. As pessoas escolhidas: Is. 44:2. Bravo: Deut. 9:20, 1 Rei. 11:9, etc. Enfurecido: 1 Sam. 6:19. Jura: Gên. 12:3. Destrói coisas: Gên. 6:17. Faz beicinho: Ex. 32:9-10. Grita: Salm. 47:5. Engana: Jer. 20:7. Descansa: Gên. 2:2]

Este Deus que foi encontrado por pessoas primitivas e ignorantes há alguns milhares de anos atrás, acabou tendo a mesma perspectiva mundial, e as mesmas convicções sobre natureza que as pessoas que o encontraram. Este Deus pensou que o Sol girava ao redor da Terra, e que um dia poderia ser feito mais longo simplesmente parando o Sol durante algum tempo. É verdadeiramente surpreendente, o número de semelhanças que há entre as crenças de Deus, e as crenças das pessoas que o descobriram.

[NOTA: Parando o sol: Jos. 10:12]

Estas pessoas tinham pensamentos primitivos e eram possuidoras de habilidades, assim como o Deus que elas encontraram. Este Deus deu instruções por construir um barco, ele projetou roupas para os padres, deu a fórmula para um perfume, era um alfaiate e fez casacos de peles. Este Deus também fez muitas leis simples e freqüentemente tolas, leis que são chamadas "Mandamentos." E Deus fez muitas outras coisas todas muito humanas, e muito peculiares ao tempo e às pessoas que descobriram Deus primeiro.

[NOTAS: Barco: Gên. 6:14-18. Projetou roupas para os padres: Ex. 28:39. Fórmula para perfume: Ex. 30:34-35. Fez casacos de pele: Gên. 3:21]
>
(Faça aqui o download da bíblia sagrada para observar as notas do texto.)

 Escrito por Abimael Carlos às 20h15
[]


 
   Comédia 15

Jesus Cristo resolveu voltar à Terra ... e decidiu vir vestido de médico.

Procurou um lugar para descer. Em São Paulo, viu um posto de saúde do sistema SUS. Viu, também, um médico trabalhando há muitas horas e morrendo de cansaço.

Jesus Cristo então entrou de jaleco, passando pela fila de pacientes no corredor, até atingir o consultório médico. Os pacientes viram-no e comentaram:

- Olha aí, vai trocar o plantão...

J.C. entrou na sala e disse ao colega que ele podia ir; que ele ia tocar o ambulatório dali por diante. E, todo resoluto, gritou:

- O PRÓXIMO!

Entrou no consultório um homem paraplégico com sua cadeira de rodas. J.C. levantou-se, olhou bem para o aleijado, e com a palma da mão direita sobre sua cabeça disse:

- LEVANTA-TE E ANDA!

O homem levantou-se, andou e saiu do consultório empurrando a cadeira de rodas. Quando chegou ao corredor, o próximo da fila perguntou:

- E ai, como é esse doutor novo?
Ele respondeu:

- Igualzinho aos outros... nem examina a gente!

 Escrito por Abimael Carlos às 20h07
[]


 
   Comédia 14

Ayrton Senna chegou ao céu e São Pedro pergunta-lhe:

-Como te chamas filho?

-Ayrton Senna da Silva

-Ahh, tu eras o piloto de Fórrmula 1?

-Sim, esse sou eu.

-Eras tu que tinhas uma ilha em Angra, um iate, um helicóptero, uma lancha e uma fazenda em Tatuí?

-Sim, sou eu.

-Andavas num Audi, num Honda NSX, e tinhas um Ducati dourado com o teu nome?

-Sim senhor.

-Vivias em Monaco, mas viajavas quando querias para o Brasil no teu próprio jato?

-Correto...

-Eras aquele que comia a Xuxa, a Adriane Galisteu e umas outras tantas modelos?

-Sim, esse sou eu.

-Pfff... Bem.... Tudo bem, entra. Entra meu filho, mas advirto-te que o paraiso vai te parecer uma merda

 Escrito por Abimael Carlos às 20h05
[]


 
   Comédia 13

Jesus estava muito preocupado com as drogas no mundo, então ele resolveu chamar seus apóstolos e reuni-los para acharem alguma solução. Então decidiram que cada apóstolo desceria na Terra e voltaria trazendo as drogas de algum lugar. Depois de duas horas os apóstolos começaram voltar e bater na porta do céu:

Toc, toc.
Jesus atende:

Quem é?

João.

O que você trouxe?

Trouxe toda a cocaína da Bolívia.

Entre por favor.
Depois de um tempo:

Toc, toc.

Quem é?

José.

O que você trouxe?

Trouxe toda a maconha do Brasil.

Entre por favor.
Logo em seguida:

Toc, toc.

Quem é?

Judas.

O que você trouxe?

Trouxe a polícia para prender todo mundo!

 Escrito por Abimael Carlos às 20h01
[]


 
   Comédia 12

Certa vez, o Diabo fez um desafio a Jesus:

"Aposto como digito muito mais rápido do que você..."
O desafio foi aceito.

No dia marcado, Jesus de um lado com um XT 4.77Mhz e o Diabo com um Pentium II / 500Mhz, rodando Windows 98, 1024Mb de memória cache. Todos a postos. O Diabo estala os dedos enquanto Jesus olha calmamente para o seu oponente.

Inicia-se a competição.

Aquele que digitasse mais texto em 30 minutos seria o vencedor. O Diabo digita de maneira feroz, a uma base de 900 toques/minuto. Do outro lado da sala, Jesus digita usando apenas os dois dedos indicadores, no melhor estilo "catador de milho" em Jerusalém. A platéia fica obviamente nervosa com a performance do Messias, e rói as unhas...

Quinze minutos se passam.

O diabo já digitou cerca de 10Mb de texto, sem erros, enquanto Jesus ainda está na casa dos 5Kb. Os olhares se tornam mais nervosos.

Vinte e Cinco minutos passados. O diabo já anda pela casa dos 20Mb de texto. Jesus anda pelos 8Kb...

Vinte e nove minutos passados.

De repente, PLUM... Cai a luz...

Desespero geral, pânico, gritaria. Os juizes decídem terminar a competição pelo tamanho final do arquivo.

Tamanho final do arquivo de Jesus: 10 Kb
Tamanho final do arquivo do Diabo: 0 Kb

"Mas não pode ser...", grita o canhoto. "Isso é roubo. Roubo!"
Então os juízes respondem:

"Você esqueceu de algo muito importante: SÓ JESUS SALVA..."

 Escrito por Abimael Carlos às 19h50
[]


 
   Comédia 11

Deus criou o mundo em seis dias. No 7º, dedicou-se a ouvir as reclamações.

A 1ª a apresentar protestos foi a Girafa:

Porra, Deus! (a girafa, além de feia, sempre foi desbocada). Que sacanagem é esta? Este meu pescoço enorme é ridículo!

Calma dona Girafa! Tudo foi muito bem pensado. Com esse pescoço comprido, além de a senhora poder comer as folhas mais tenras, do alto das árvores, vai poder perceber a aproximação do inimigo antes dos outros animais e assim se defender.

A girafa ouviu as explicações e ficou convencida de que Deus, afinal, tivera uma boa idéia.

Logo depois entrou o Elefante, injuriado:

Puta Merda, Deus! (o elefante também era desbocado). Eu sou enorme de gordo e tenho esta tromba toda na minha cara. Isto é sacanagem!
Deus, pacientemente, explicou:

Com esse tamanho todo, nem o Leão, que é o rei da selva, terá coragem de te enfrentar e, além do mais, graças a essa tromba, você é o único animal que pode tomar banho de chuveirinho...
O elefante ponderou e chegou à conclusão que Deus tinha razão.

O terceiro bicho da fila era a Galinha, que já entrou metendo o pé na porta:

Não quero saber de explicações! Ou diminui o tamanho do ovo ou aumenta o tamanho do cu!
Nota do Editor

A dona Galinha reclamou da discrepância entre ao raio do ovo primitivo e a de seu orifício anal. Porém hoje, após diversos estudos minuciosos nos mais modernos laboratórios do mundo, sabemos que os ovos não saem de tal orifício, mas sim da cloaca. Perdoem o erro da dona Galinha e não coloquem em nenhuma questão de vestibular que ovos saem do cu.

 Escrito por Abimael Carlos às 19h48
[]


 
   Comédia 10

1. No princípio, Deus criou o Bit e o Byte. E deles criou a Palavra. E nada mais existia. E Deus separou o Um do Zero; e viu que era bom. E Deus disse: "Que os dados existam, e vão para os seus lugares devidos", e criou os disquetes, os discos rígidos e os discos compactos.

2. E Deus disse: Que apareçam os computadores, e sejam lugar para os disquetes, e para os discos rígidos e para os discos compactos. Então Deus chamou os computadores de "hardware". E não havia ainda ware. Mas Deus criou os programas; e disse-lhes: "Vão, multipliquem-se e encham a memória".

3. E Deus disse: Vou criar o Programador, e ele irá governar os programas e a informação". E Deus criou o Programador, e colocou-o no CPD; e Deus mostrou a estrutura do DOS e disse: "Podes usar todos os diretórios e subdiretórios mas NUNCA UTILIZAR O WINDOWS".

4. E Deus disse: "Não é bom para o Programador estar só". Ele fez a criatura que iria olhar para o programador e admirá-lo, e amar as coisas que ele faz. E Deus chamou-a "Analista". E foram deixados sob o DOS e era bom.

5. Mas BILL era mais esperto que as outras criaturas de Deus. E BILL disse para o Usuário: "Foi mesmo assim que Deus disse, que não podias executar nenhum programa? Como podes falar de algo que nunca experimentaste? No preciso momento em que executares o WINDOWS tornar-te- ás igual a Deus. E poderás criar tudo o que quiseres com um simples toque no mouse". Então a Analista instalou o WINDOWS, e disse ao Programador que era bom.

6. O Programador começou a procurar novos drivers. E Deus perguntou-lhe: "Que procuras?" E o Programador respondeu: "Estou a procura de novos 'drivers' que não encontro no DOS". E Deus disse: Quem disse que precisavas de novos 'drivers'? Executaste WINDOWS?".

7. E Deus disse ao BILL: "Serás odiado por todas as criaturas. E a Analista estará sempre zangada contigo. E venderÁs o WINDOWS para todo o sempre, e sempre com problemas".

8. E disse à Analista: "O WINDOWS irá desapontar-te e comer toda a tua memória; e terás que usar programas reles, e irás adormecer em cima dos manuais".

9. E disse ao Programador: "Todos os teus programas terão erros e irás corrigi-los até ao fim dos teus dias".

10. E Deus expulsou-os do CPD, fechou a porta e colocou um password.

 Escrito por Abimael Carlos às 19h45
[]


 
   Comédia 9

Num dia destes eu estava passando em frente uma livraria evangélica, vi um decalque que dizia "Se você ama Jesus, buzine". Comprei um e apliquei-o no pára-choque traseiro do meu carro. Foi muito bom eu ter feito isso. Uma tremenda experiência se sucedeu.

Eu estava parado num cruzamento movimentado com o sinal fechado, pensando nas coisas do Senhor, e não notei que o sinal tinha aberto. Aquele decalque funcionou mesmo. Encontrei muitas pessoas que amavam Jesus. Vejam só, o cara atrás de mim começou a buzinar que nem louco. Ele devia amar o Senhor de verdade, porque logo a seguir ele se curvou para fora da janela e clamou: "Jesus Cristo" tão alto quanto podia. Era como um jogo de futebol, com ele gritando: "Vai, Jesus Cristo, vai". Todos os outros começaram a buzinar também, então me inclinei para fora da janela, acenei e sorri para todos aqueles amados irmãos.

Havia um cara que devia ser de alguma igreja pentecostal, porque pude ouvi-lo clamar algo como "luta que caiu", e eu o vi acenar com um gesto engraçado, com o dedo médio apontado para o céu. Perguntei aos meus dois filhos o que isso queria dizer, eles se torceram, olharam um para o outro, deram umas risadinhas e me contaram que esse gesto é usado pelos pentecostais para desejar bênçãos celestiais aos irmãos.

Então eu retribuí a bênção acenando com o mesmo gesto.

Alguns carros mais atrás, um homem enorme desceu do carro e clamou alguma coisa. Não pude ouvi-lo muito bem, mas parecia ser algo como "Teu Filho na luta" ou coisa parecida. Decerto também estava envolvido em batalha espiritual. Ele devia mesmo amar o Senhor.

Algumas pessoas ficaram tão envolvidas pelo intenso júbilo daquele momento de glória que sairam de seus carros e vieram andando na minha direção. Creio que eles queriam orar, mas naquele instante notei que o sinal ficou amarelo, então pisei no acelerador. Foi bom, pois fui o único motorista que conseguiu atravessar o cruzamento.

Olhei para trás e vi que eles estavam lá, parados. Então dei-lhes um grande sorriso pela janela e acenei com o gesto pentecostal de bênçãos aos irmãos, e fui embora.

Louvado seja o Senhor por pessoas tão maravilhosas.

 Escrito por Abimael Carlos às 19h42
[]


 
   COMÉDIA 8 (KKKKKKKKKKKKKKK)

DEUS CRIOU O MUNDO USANDO O MS-DOS



C:\>Criar homem.exe
Homem criado.

C:\>Fazer o homem multiplicar e povoar a Terra e dominar os peixes as aves, e ter domínio sobre todas as coisas que estejam sobre a Terra.
Excesso de caracteres

C:\>move homem*.* C:\Jardim do Éden.
Diretório inexistente.

C:\>MD Jardim do Éden
Ok

C:\>move homem*.* c:\Jardim do Éden
Ok

C:\>cd "Jardim do Éden"

C:\>do Éden Criar desejo.
Operação executada.
1 erro(s)

C:\>multiplicai.exe
Ok

Deus viu o homem e a mulher sendo frutíferos e multiplicando no Jardim do Éden. Deus saiu do sistema as 23:00h da Quarta-feira, 4 de abril. Deus ansioso voltou a acessá-lo 00:02h da Quinta-feira, 5 de abril...

C:\>Criar livre arbítrio.
Ok

C:\>Rodar livre arbítrio.
Ok

C:\>Eliminar desejo
Desejo não pode ser eliminado devido a criação do livre arbítrio.

C:\>Del livre arbítrio
Livre arbítrio e arquivo inacessível e não pode ser destruído.
Acione tecla de substituição, cancelamento ou help.

E Deus viu o homem e a mulher Jardim do Éden, já não respeitando parâmetros estabelecidos.

C:\>Criar o bem e o mal.
Ok

C:\>Ativar mal
Ok

E Deus viu que tinha criado a vergonha. Atenção: Erro do sistema na última operação E96. Homem e mulher não estão em Jardim do Éden. 4277732 erros.

C:\>SCAN Jardim, E.D.E.N. homem-mulher.
Homem-mulher não encontrado

C:\>DEL vergonha.
Vergonha não pode ser apagada com mal ativado.

C:\>DEL livre arbítrio.
Arquivo inacessível. Não pode ser destruído. Acione tecla de substituição, cancelamento ou help.

C:\>Interromper programa!
Exclamação imperativa torna comando irreconhecível. Tente Interrogação ou Help.

C:\>Suspender programa
Comando ou nome de arquivo inválido.

C:\>Suspender programa
Comando ou nome de arquivo inválido.

C:\>Suspender programa!
Erro de sintaxe.

C:\>Criar novo mundo
Disco cheio.

 Escrito por Abimael Carlos às 19h32
[]


 
   Comédia 7

O cara está no metrô, sentado próximo a um padre. Sua camisa está manchada de batom vermelho, o nó da gravata desapertado e uma garrafa de gim pela metade sobressai do bolso do seu paletó. Ele abre um jornal e começa a ler.

Após alguns minutos, volta-se para o padre e pergunta:

"Diga-me, padre, o que causa artrite?"

"Vida desregrada, mulheres de vida fácil, muito álcool e pouca fé", responde o sacerdote.

"Puxa vida...", diz o homem cabisbaixo, estou desconsolado...
O padre, arrependido de ter sido tão duro, começa a desculpar-se:

"Eu sinto muito, filho... não queria ser rude... há quanto tempo você tem artrite?"

"Não sou eu, padre... Eu li no jornal que o Papa tem artrite!"

 Escrito por Abimael Carlos às 19h29
[]


 
   Comédia 6

Hitler morre e vai para o inferno. Assim que chega reclama com o Capeta:
Eu preciso voltar imediatamente à Terra!! Tenho uma coisa muito importante para fazer! Preciso só de mais uma semana!

De jeito nenhum! — diz o Diabo. Já deu um trabalhão tirar você de circulação e trazer pra casa. Não vai voltar nunca mais!

Mas eu preciso! Preciso fazer uma coisa muito importante!
Curioso, o Diabo pergunta:
Mas o que é assim tão importante?

Eu preciso matar 4 milhões de Judeus e 3 suecos.

Por que os três suecos?

Tá vendo só! Ninguém se importa com os Judeus!

 Escrito por Abimael Carlos às 19h28
[]


 
   Comédia 5

GRAVIDEZ DIVINA


A mãe diz, "minha filha , está ganhando muito peso e fica enjoada todas as manhãs."

O médico então examina a menina e diz à mãe: - "Bem, eu não sei como dizer isso, mas sua filha está grávida, e eu diria que há uns quatro meses."

A mãe, em tom de revolta: - "Grávida doutor??? Impossível, ela nunca ficou a sós com um homem, não é minha filha?"

A filha reitera: - "Nunca mamãe, nunca nem sequer beijei um homem"

O médico então se dirigiu pra janela e olhou através dela por longos instantes. Aproximadamente dez minutos depois, a mãe pergunta: - "Há algo acontecendo lá fora doutor?"

O médico responde: - "Na verdade não. É que a última vez que aconteceu algo deste tipo, uma estrela apareceu no leste e três sábios vieram do horizonte. E eu vou ficar muito puto se eu perder isso de novo!!!"

 Escrito por Abimael Carlos às 19h27
[]


 
   Comédia 4

Três provas de que Jesus era judeu:
1. Entrou no negócio do pai;
2. Morou em casa até os 33 anos;
3. Tinha certeza que sua mãe era virgem e ela tinha certeza que ele era Deus.

Três provas de que Jesus era irlandês:
1. Nunca se casou;
2. Nunca conseguiu manter um emprego;
3. O seu último pedido foi uma bebida.

Três provas de que Jesus era porto-riquenho:
1. Seu primeiro nome era Jesus;
2. Estava sempre com problemas na justiça;
3. Sua mãe não sabia quem era seu pai.

Três provas de que Jesus era italiano:
1. Falava com as mãos;
2. Tomava vinho em todas suas refeições;
3. Trabalhava na indústria de construção.

Três provas de que Jesus era inglês:
1. Vestia-se mal;
2. Não entendia nada de comida;
3. Estava sempre procurando briga.

Três provas de que Jesus era preto:
1. Chamava todo mundo de "irmão";
2. Não tinha endereço fixo;
3. Ninguém lhe oferecia emprego.

Três provas de que Jesus era baiano:
1. Nunca cortava o cabelo;
2. Andava sempre descalço;
3. Inventou uma nova religião.

 Escrito por Abimael Carlos às 19h25
[]


 
   Comédia 3

Satélite nosso que estais no céu

Acelerado seja o vosso link

Venha a nós o vosso hipertexto

Seja feita a vossa conexão

Assim no real como no virtual

O download nosso de cada dia nos dai hoje

Perdoai o café sobre o teclado

Assim como nós perdoamos os nossos provedores

Não nos deixeis cair a conexão

E livrai-nos dos vírus

Amém

 Escrito por Abimael Carlos às 19h23
[]


 
   filosofia

"...Amo a liberdade,por isso deixo livre tudo que amo, se voltarem pra mim é porque os conquistei, se não é porque nunca os tive de verdade!

Quando depositamos muita confiança ou espectativas em uma pessoa, o risco de nos decepcionar é grande. As pessoas não estão no mundo para satisfazer nossas expectativas, assim como não estamos aqui para satisfazer as delas. Quando procurar-mos estar com alguém, devemos fazer isso cientes de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.

As pessoas não precisa. Elas se completam, não por serem metades, mas por serem pessoas inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida..."

-filósofa oculta
-------------------------------------------
-hj mesmo eu me decepcionei com alguém, muito amiga minha, que eu tenho a maior confiança e não esperava que ela fosse tão cruel com as palavras... (ver meu blog pessoal)... reflitam sobre esse pequeno trecho, pode ser muito útil!

 Escrito por Abimael Carlos às 18h19
[]


 
  [ ver mensagens anteriores ]  
 
 



Meu perfil
BRASIL, Homem, de 15 a 19 anos, Portuguese, English, Informática e Internet, Música, Livros e Revistas
MSN -


HISTÓRICO
 07/11/2004 a 13/11/2004
 31/10/2004 a 06/11/2004
 24/10/2004 a 30/10/2004
 17/10/2004 a 23/10/2004
 10/10/2004 a 16/10/2004
 19/09/2004 a 25/09/2004
 12/09/2004 a 18/09/2004
 05/09/2004 a 11/09/2004
 29/08/2004 a 04/09/2004
 22/08/2004 a 28/08/2004
 15/08/2004 a 21/08/2004
 08/08/2004 a 14/08/2004
 01/08/2004 a 07/08/2004



OUTROS SITES
 Meu FotoLog
 Esquadrão de F22 KR
 Bima RPG
 Site do Impacto Colégio e Curso
 Meu Blog Pessoal (com senha)


VOTAÇÃO
 Dê uma nota para meu blog!